42 dos 43 conselheiros eleitos assinaram desligamento do Vasco

05/05/2018 às 16h40 - POLÍTICA

A crise no Vasco não tem data para acaber e ganhou um novo capítulo neste sábado (05). Depois dos episódios em São Januário, na derrota por 4 a 0 para o Cruzeiro, e a consequente eliminação na Taça Libertadores, e da invasão da última sexta-feira (04), o Grupo Identidade Vasco divulgou uma nota em que 13 dos vice-presidentes do clube renunciam seus cargos alegando divergências com o presidente Alexandre Campello. 42 dos 43 conselheiros que foram eleitos também assinaram o documento. 

Fonte: Twitter do jornalista Lucas Pedrosa - Esporte Interativo