A três horas do fim da eleição do Vasco, sócios sob suspeita fazem fila

07/11/2017 às 19h50 - POLÍTICA
Foto: Bruno Braz‏Fila da urna separada com sócios sob suspeita cresce bastante agora à noite
Fila da urna separada com sócios sob suspeita cresce bastante agora à noite

A reta final da votação no Vasco promete. A menos de três horas do fechamento das urnas, com Julio Brant aparecendo na frente nas pesquisas de boca de urna, os sócios sob suspeita de irregularidade chegaram em peso a São Januário para votar.

São 691 associados cujos votos estão sendo computados em separado, depois que a Justiça reconheceu a suspeita de fraude apontada pela oposição - ela reclama que eles entraram em fluxo de associação em massa entre novembro e dezembro de 2015, bancado pela diretoria.

Depois de pouco movimento na urna separada na parte da tarde, a fila é grande para que os associados depositem seu voto. A maioria está vestida com camisa de apoio ao atual presidente, Eurico Miranda.

A boca de urna aponta vantagem de Julio Brant, da oposição: 1220 votos, contra 1126 a favor de Eurico Miranda, que tenta a reeleição. Foram 672 os que não quiseram revelar o voto.

Fonte: Globo Online