Anderson Barros conversará com Euriquinho sobre permanência no clube

04/12/2017 às 08h13 - FUTEBOL

A vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, domingo, em São Januário, fez o Vasco terminar o Campeonato Brasileiro na sétima colocação, com uma das vagas para a fase preliminar da Libertadores.

Agora, o elenco entra de férias e se reapresenta no dia 3 de janeiro para o início da pré-temporada, que será realizada no próprio complexo de São Januário. Saem os atletas, entram em campo os dirigentes para montar o elenco e o planejamento para 2018.

Antes de o Flamengo virar para cima do Vitória aos 50 do 2º tempo, o Vasco estava com a mão na vaga direta para fase de grupos da competição. Ainda há a chance de time não precisar disputar a fase preliminar, mas terá que torcer para o Rubro-Negro bater o Independiente-ARG e ser campeão da Sul-Americana. A chance de ter um confronto decisivo já no fim de janeiro é motivo de preocupação e deve nortear todo o trabalho de pré-temporada, caso seja realmente necessário.

- O desejo da torcida era ir direto para ganharmos mais tempo e formatar a equipe. No fim de janeiro já poderemos estar jogando. Mas nosso papel fizemos. Agora é esperar. Temos que estar preparados - disse Zé Ricardo.

Quem participa diretamente da montagem de todo o planejamento e negociações para 2018 é o gerente de futebol Anderson Barros, que irá conversar com o vice de futebol Euriquinho no início desta semana para definir também se ele permanecerá, já que seu contrato está no fim. A tendência é de que permaneça.

No meio das questões esportivas há ainda o imbróglio sobre a eleição presidencial do clube, que está nas mãos da justiça e promete ter desdobramentos ainda neste mês.

Fonte: GloboEsporte.com