Acompanhe a eleição do Vasco clique aqui

Anderson Martins e Nenê perderam cinco dias da pré-temporada

06/01/2018 às 08h11 - FUTEBOL

O começo de temporada do Vasco em 2018 tem sido marcado pela tentativa de blindar jogadores e, ao mesmo tempo, pela demonstração de insatisfação de alguns deles com os problemas salariais que o clube atravessa. O zagueiro Anderson Martins e o meia Nenê, dois dos que recebem os maiores vencimentos do elenco, adiaram para segunda-feira a reapresentação. O período maior de férias foi solicitado e atendido pela diretoria.

No total, os dois perderão cinco dias da pré-temporada. Anderson Martins, com salário na casa dos R$ 400 mil, é também uma das lideranças do elenco para tratar da questão. A dívida tem sido motivo de insatisfação porque o zagueiro possui mercado em outros clubes com melhor situação econômica e optou por voltar ao Vasco devido à identificação com a torcida e o esforço feito por Carlos Leite, parceiro da diretoria e seu empresário.

Ontem, a rigor, completaram-se dois meses de salários atrasados (novembro e dezembro) e mais o 13º — o clube possui acordo com funcionários e futebol profissional para pagar no dia 20 do mês seguinte.

Nenê, por exemplo, com salário na casa dos R$ 320 mil, mais premiação por jogos disputados, também não digere bem a dívida. O passivo do clube, em relação aos direitos de imagem, beira os R$ 700 mil.

Em meio aos problemas financeiros, a diretoria do Vasco optou neste início de ano por manter os jogadores afastados do contato com a imprensa. Desde a reapresentação, quarta-feira, não houve a realização de entrevistas coletivas. A preocupação maior é blindar o elenco de questões que façam referência à crise financeira e política que o clube atravessa.

NOVELA POLÍTICA

Nesta sexta-feira, a situação do Vasco entrou com duas ações no Tribunal de Justiça do Estado do Rio para tentar reverter a invalidação dos votos da urna 7. O grupo solicitou que o processo eleitoral do clube fique suspenso até que um resultado seja obtido em segunda instância e, com isso, Eurico Miranda tenha o mandato prorrogado no período. Atualmente, sua gestão vai até o dia 16.

Fonte: O Globo Online