Andrés Ríos projeta partida contra o Botafogo

20/03/2018 às 08h28 - FUTEBOL

O torcedor não é a única vítima do complicado regulamento do Campeonato Carioca. Os jogadores também sofrem com a fórmula esdrúxula da competição. Em coletiva ontem, um dia após a vitória do Vasco sobre o Botafogo, resultado que classificou as duas equipes às semifinais da Taça Rio, Andrés Ríos admitiu não saber como seria definida a caminhada na luta pelo título. Foi salvo pelo companheiro de equipe Martín Silva.

"No começo foi difícil, mas depois o Martín me explicou. Sei que agora é a semifinal e depois a final do turno. Só depois que tem a semifinal e final do Carioca", resumiu, sem pestanejar sobre o que o Vasco precisa fazer nestes jogos. "Temos que vencer", decretou, feliz com o fato de os quatro grandes clubes do Rio estarem na semifinal do returno: "Vai ser lindo para a torcida de todos os times. É o que todos esperavam. Espero que o Vasco seja campeão."

Ríos lamenta a ausência de Martín Silva, amanhã, contra o Botafogo, na semifinal da Taça Rio o Vasco tem a vantagem do empate. "Martín é um cara importante, nos dá segurança e conselhos. Mas acho que o Gabriel tem tudo para substituí-lo da melhor forma", avaliou o atacante Martín Silva defenderá o Uruguai em amistosos pré-Copa e não estará na final do returno, domingo, se o Vasco se classificar.

Sobre o novo clássico contra o Botafogo, Andrés Ríos tem a receita para vencê-lo. "Vai ser um jogo diferente. Já é semifinal. Eles vão querer partir para cima, mas isso é normal. Temos que apresentar mais do que apresentamos no domingo", disse Andrés Ríos, que enalteceu a parceria com Riascos fez um gol e deu assistência para o colombiano marcar contra o Botafogo na primeira vez que eles iniciaram um jogo.

"Me sinto à vontade quando jogo ao lado do Riascos. Primeiro, pelo idioma. Falo rápido e ele entende. Tentamos nos ajudar", revelou.

RILDO PEDE DESCULPAS, MAS PODE SER PUNIDO PELO TJD

Com uma luxação no ombro esquerdo, sofrida durante o clássico com o Botafogo, no Nilton Santos, Rildo vai ficar 30 dias longe dos gramados, mas ainda pode sofrer uma punição por parte do TJD-RJ. O Procurador-Geral André Valentim pediu as imagens do lance em que o meia fratura a perna de João Paulo e vai analisar hoje se vai apresentar denúncia contra o jogador do Vasco. Ontem, Rildo pediu desculpas e disse que torce pela rápida e total recuperação ao jogador alvinegro.

"Quero deixar aqui meu pedido de desculpas ao jogador João Paulo. Minha intenção não era machucar um companheiro. Não sou um jogador maldoso, quem me conhece sabe disso. Fico aqui na torcida para uma rápida e total recuperação e lamento profundamente o fato" disse Rildo em nota oficial divulgada pela sua assessoria de imprensa.

Fonte: O Dia