Assessoria comenta comportamento de garotos da base nas redes sociais

27/11/2017 às 11h26 - CATEGORIAS DE BASE

Flamenguista tirando sarro de botafoguense. Alvinegro compartilhando foto de vascaíno. Tricolor retuitando posts de rubro-negro. Situações impossíveis de acontecer com os jogadores do futebol profissional, mas bastante comuns entre os garotos das bases.

Com as diversas categorias e campeonatos que disputam, o número de clássicos aumenta e, também, a amizade e liberdade entre os meninos.

Seja para zoar, dar uma força ou até mesmo tietar os rivais, os futuros profissionais têm abusado do Twitter. É o futebol sem mimimi? Ou a garotada tem que ser repreendida? Eles vivem intensamente o momento, mas não se preocupam com os rumos que suas carreiras podem tomar. E se forem contratados pelo rival? O que foi dito não pode ser desdito.

A maioria desses meninos cresceu nas bases dos clubes, criando identificação e fortalecendo laços. Eles ainda se veem apenas como torcedores.

Já na categoria principal é maior a preocupação com o comportamente nas redes sociais. Afinal, a torcida pode não ser tão compreensiva e crucificar o atleta por uma atitude do passado. Já aconteceu com outros jogadores que exageraram em algum post, declaração e até em certas comemorações.

Henrique, do Flamengo, disputa bola com Ferrugem, do Botafogo, na decisão da Taça Rio Sub-17 (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Rivalidade Fla-Bota

A garotada de Botafogo e Flamengo não se cansa de se enfrentar na temporada. Foi assim nas finais das Taças Guanabara e Rio Sub-17, no Torneio Otávio Pinto Guimarães Sub-20, no Torneio Guilherme Embry Sub-16. E ainda na final do Campeonato Carioca Sub-17, encerrada neste domingo com a vitória do Flamengo. Isso sem contar os muitos duelos nas fases de grupo das competições.

Os alvinegros são os mais afiados e não perdem a oportunidade de alfinetar os adversários.

Confira alguns posts das brincadeiras entre os rivais:

Indireta?

Não deu na bola e nem na porrada, tudo nosso família ❤️🙏🏽✌🏽👊🏽 #BoasFeriaspic.twitter.com/X2IybRb07R

— November 8, 2017

Tem nada melhor?

Melhor coisa é ser campeão no Flamengo. ⚫️⚪️🔥

— October 30, 2017

Só deixando né?

Tem q deixar os cara levar um caneco p ter mais competitividade 😹😅, tava sem graça já

— November 8, 2017

Mais que bom

4 finais, 3 títulos, tá ruim ? 🙅🏽‍♂️⚫️⚪️😹

— November 8, 2017

Que isso menino

Se não for assim quarta, eu nem jogo. pic.twitter.com/k7aLRQtetP

— November 6, 2017

Xiiiiiisssssss

“Tira foto do campeão aí” ⚫️⚪️🔥 pic.twitter.com/VSeO7RgGCa

— October 31, 2017

Normal

É campeão 🏆🏅#normalcravarcontraoflamengopic.twitter.com/EYc4mPbTox

— October 29, 2017

A coroa é de quem?

Acho engraçado esses menor do Fla falando que são rei do Rio 😂😂😂😂😂

— November 9, 2017

Mandão

Eu ainda mando no rio 😅😴

— November 8, 2017

Tem quem discorde

Só pra deixar claro que, quem manda no Rio somos nós 🔴⚫️!! Campeoness outra vezzz🙌 #ReidoRio👑

— November 9, 2017

MANDAMOS NO RIO #ÉCampeão 🙏🏽🔴⚫️ pic.twitter.com/RIWWSXgt7l

— July 9, 2017

Aquele velho ditado

Cão que late não morde, ganhamos na bola demos baile, 3 x 1 no nosso salão de festa, grupo todo de parabéns!!!!!👊🏽👊🏽 CAMPEÃOOOOOO

— November 8, 2017

Antes dos dois jogos da decisão do Carioca Sub-17, o Globoesporte.com havia entrado em contato com as bases dos clubes para entender como os jovens são preparados para usarem as redes sociais. Após a final, os meninos decidiram maneirar nas provocações.

Depois de perder a partida de ida por 2 a 1 em casa, o Lucas, do Botafogo, apenas avisou que dificuldade não era problema para ele:

Eu faço da dificuldade a minha motivação!!! pic.twitter.com/ItqXSSo5AM

— November 20, 2017

Mas, na semana seguinte, após vitória do Fla por 2 a 0 e taça na mão, o Marx não segurou a comemoração e, muito menos, a alfinetada:

Deu a lógica, no Rio manda eu. Campeão e gol na final tem coisa melhor ? O choro é livre, quem ganha a vida com a boca é cantor 😂🤷🏾‍♂️🔴⚫️ #Freguês#MôVidão#TaDeChinfraaapic.twitter.com/m1Y8HyXKe5

— November 26, 2017

O Henrique retomou o debate sobre quem manda por aqui:

No Rio mando EU🤷🏻‍♂️🏆 pic.twitter.com/IIeLLcQYUs

— November 26, 2017

O que pensam os clubes?

Desde que sejam saudáveis, não há o menor problema nas brincadeiras ou provocações. É o que acredita a Assessoria de Imprensa da base do Fla.

- A gente orienta todos os nossos atletas com relação ao uso das mídias sociais, principalmente os atletas da base. Dependendo da idade ou da formação, muitos deles não conseguem compreender a importância que isso tem nos dias de hoje. A gente não tem como controlar tudo o que eles postam, até porque ali eles estão expressando suas opiniões. Caso a gente entenda que eles passaram da conta, a gente conversa com o menino e tenta explicar para ele porque ele deve evitar aquilo. Estamos preparando para o início do ano algumas palestras, um media training com a garotada da base, em que vamos falar sobre as mídias sociais. A gente não impõe nada, mas explicamos qual a importância em se ter certo cuidado com as postagens - diz o assessor Ian Sena.

Bruno Lazaroni, Gerente Geral das Divisões de Base do Botafogo, afirma que o clube orienta os garotos a não utilizarem as redes sociais para provocações.

- A gente é totalmente contrário às provocações. Temos um cronograma de atividades educacionais não só relacionado a esse tema, mas a outros temas pertinentes ao futebol, respeito, ética. Isso vem acontecendo, mas temos trabalhado com eles para que não aconteça. Eles são jovens atletas, cometem erros e estamos aqui para orientar. Mas isso não condiz com a carreira profissional que eles estão buscando. Não achamos essas brincadeiras sadias. Estamos em contato com os outros clubes para elaborarmos ações em conjunto para que isso não aconteça. A rivalidade precisa ficar para a torcida. Todos tentando conquistar seu espaço, ganhar a partida, mas com respeito ao adversário, que é fundamental.

O Fluminense, por meio da assessoria de imprensa da base, informou que o clube faz um trabalho de media training com os garotos e orienta sobre as postagens visando não atrapalhar o futuro dos seus jogadores.

- O Fluminense preza em primeiro lugar pela educação dos meninos da base. Orienta e proporciona cursos e palestras sobre a melhor forma de usar as redes sociais para os jogadores de Xerém. Porém, entende que, por serem crianças, às vezes se empolgam e cometem pequenos erros, principalmente por terem amigos atuando em clubes rivais. Cabe ao clube tentar resolver a situação da melhor maneira para não prejudicar a carreira dos atletas no futuro.

Após o contato do Globoesporte.com com a assessoria do Flu, alguns posts feitos por atletas da base foram excluídos de suas contas no Twitter.

A assessoria de imprensa da base do Vasco reforçou o trabalho do clube em criar familiarização do atleta com o Cruz-Maltino.

- A gente faz um trabalho de identificação dos atletas com o Vasco. Entendemos que o jogador que está hoje no Vasco tem que ter como referência um atleta que joga no Vasco ou tem alguma história com o clube. Por exemplo, um atleta que está hoje no sub-11 tem que querer ser como um jogador que está hoje no profissional. Tem que ter o sonho de jogar no Vasco, de ser ídolo. Talvez por isso os atletas se comportam dessa forma com relação aos rivais. Embora a gente dê para eles um treinamento, eles têm a opção de escolha.

- Nosso trabalho de media training engloba as categorias sub-11, sub-13, sub-15, sub-17 e sub-20. Trabalhamos não só a parte de mídia social, mas mídia como um todo. Como ter um comportamento que a gente considera adequado para uma entrevista. A gente mostra coisas que já aconteceram e prejudicaram os atletas. Hoje ele está no Vasco, amanhã ele pode estar no Fluminense, Flamengo ou Botafogo. Então tem que ter uma postura profissional. Mas o atleta tem liberdade para fazer o que ele julga necessário, até porque ele tem que ter personalidade. A gente não pode mudar.

Flu e Vasco também pegam no pé do Fla

No dia 12 de novembro, o sub-14 do Flamengo foi eliminado nos pênaltis pelo União, nas quartas de final da Taça Rio do Metropolitano. Tricolores e Vascaínos aproveitaram a oportunidade para mandar um recado para o rival.

Olfato apurado

Melhor time do Rio sub 14 o flamengo perdeu nas quartas kkkkkkkkk oq houve? Entendi. Quer imitar o profi né? Só cheirinho?👃🏽🤣🤣

— November 12, 2017

https://twitter.com/santos_mg10/ (Foto: Reprodução/Twitter)

Os Fla-Flus também foram intensos, marcando decisões como a da Taça Guanabara Sub-14 e das duas fases do Carioca Sub-15.

No dia 25 de novembro, o Flu conquistou a Taça Rio e levou o Campeonato Metropolitano (equivalente ao Carioca) sub-14 sem precisar disputar a final. O Tricolor havia vencido a Taça Guanabara. AíSilveira correu para o abraço:

Um alô pra rapaziadinha que é campeã dos 2 turnos do carioca,segue normal!!🤣🎩🕺🏿

— November 25, 2017

A zoeira também envolve os times principais:

Denilson não quer saber do passado

https://twitter.com/denilsonrdgs/status/913393974215430144 (Foto: Reprodução/Twitter)

E Marx observa os profissionais sem esquecer a provocação

Ganhar FlaxFlu é normal 👀🙊

— October 26, 2017

Parças

Mas não é só com brincadeiras que os meninos alimentam seus perfis. A amizade entre os garotos é percebida no apoio que uns dão aos outros, mesmo sendo de times diferentes. A família que nasceu nos gramados se fortalece fora deles. Eles retuítam fotos, lances de jogo e frases postadas pelos rivais.

Num dia o Thon ganha moral do amigo vascaíno...

https://twitter.com/gabrielpec01/status/921861321372721152 (Foto: Reprodução/Twitter)

...No outro dá uma moral para o parceiro flamenguista

https://twitter.com/thonbraga10 (Foto: Reprodução/Twitter)

Foto com o Juan não é todo dia né Amilcar?

Visita a festa das crianças do INCA! Craque Juan 🤙🏽 pic.twitter.com/nCpW3IOU7u

— October 3, 2017

Oha aí o Silveira, do Flu, retuitando post do amigo rubro-negro

https://twitter.com/santos_mg10 (Foto: Reprodução/Twitter)

O Gabriel, do Vasco, compartilhou com os seguidores a recuperação do Roger, do Botafogo

https://twitter.com/gabrielpec01 (Foto: Reprodução/Twitter)

O rubro-negro Henrique quer ver o amigo vascaíno voar

Feliz dms por você irmão, sucesso sempre #vooa#desdemenó 👊🏻❤️ @paulinho_ph00 pic.twitter.com/aL8qxtkOWS

— July 23, 2017

E o Vasco, que não tinha nada a ver com o jogo, se intrometeu no post

Fonte: GloboEsporte.com