Barreto analisa fase do Vasco: "Parece não assustar mais times da Série B"

Em 16/10/2016 12:37
 

Neste sábado, o Vasco decepcionou sua torcida mais uma vez e perdeu para o CRB por 2 a 1 em São Januário e viu aumentar a distância para o líder da Série B do Campeonato Brasileiro Atlético-GO. A nova derrota cruz-maltina no tradicional estádio chamou a atenção de Marcelo Barreto, que apresentou o Troca de Passes neste sábado (assista ao vídeo).

- O que chama a atenção nessa irregularidade do Vasco é que o time passou quase todo o campeonato na liderança e, jamais, saiu do G-4. Caiu para a vice-liderança, mas parece que São Januário não assusta mais os adversários da Série B - disse Marcelo Barreto. 

Segundo André Loffredo, que participou do programa de debates, o problema abrange o fato do time vascaíno não conseguir render o suficiente dentro de campo, o que tem como consequência o afastamento do torcedor. De acordo com o comentarista do SporTV, a derrota para a equipe alagoana poderia ser ainda pior, levando-se em conta o risco de não subir para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

- Por pouco que não foi pior ainda. Se o Londrina tivesse vencido o Luverdense, ficaria com uma diferença muito próxima para o quinto colocado. Eu acompanhei o Vasco em Belém e Manaus contra Paysandu e Londrina e jogou mal as duas partidas.E São Januário não assusta porque o time do Vasco não assusta mais. Quer dizer, precisa ter um time bom em campo e, também por isso, o torcedor não comparece mais - comentou.

André Loffredo ainda analisou a possibilidade de haver uma troca no comando técnico do Vasco. Após uma semana turbulenta em São Januário, que teve até reunião de Jorginho com o presidente Eurico Miranda, cresce a pressão da torcida pela demissão do treinador. O comentarista, entretanto, não acredita que esta seja a melhor decisão para que as vitórias retornem.

- Não acho que essa seja a solução. O Jorginho não está conseguindo resolver o problema do time, que tem um elenco de jogadores com idade avançada, e está caindo na parte física nesta reta final do campeonato. Tecnicamente também está mal, ou seja, não é só uma questão de tática. Ele está trocando jogadores a todo mundo, mas não está encontrando o ideal. Então, não acho que a troca seja a solução para as últimas partidas - concluiu.