Basquete: Duda projeta ano vascaíno

25/06/2018 às 13h20 - OUTROS ESPORTES

Anunciado pelo Vasco há mais ou menos uma semana, Duda Machado está de volta ao basquete carioca após quatro anos. Agora ex-Bauru, o irmão de Marcelinho tem uma história muito forte com o Flamengo, onde conquistou o NBB duas vezes, mas está pronto para escrever uma nova página em sua carreira.

Em entrevista exclusiva ao Basquete360, Duda não hesitou ao demonstrar felicidade com o acerto. Durante a participação no PayBack, evento de 1×1 realizado no fim de semana, o jogador prometeu dedicação extra para honrar o Cruz-Maltino.

“Estou muito feliz. Defender a camisa de um time como o Vasco, que tem muita expressão no cenário nacional, é gratificante. Todo mundo sabe da minha ligação com o Flamengo, mas a partir do momento que eu entrar em quadra, vou dar meu máximo para ajudar o clube. Espero uma temporada boa para nós”, disse.

O comandante vascaíno será Alberto Bial, com quem o atleta já trabalhou no Basquete Cearense em duas temporadas. Velho conhecido do treinador, detalhou que as conversas para a sua transferência começaram antes, mas fez questão de enaltecer a nova oportunidade.

“Na verdade, a minha negociação já estava acontecendo antes do Bial assumir. Por coincidência, acertei depois da chegada dele. Quando você fecha com algum time, sempre rola aquela expectativa para saber quem vai comandar, como será o trabalho, e etc. A vinda do Bial é um facilitador, pois já nos conhecemos. Foram cinco anos juntos (três no Fluminense e dois no Basquete Cearense), e se trata de um cara que sempre me ajudou. Dessa vez, não será diferente”, resumiu.

Historicamente, o Campeonato Carioca protagoniza confrontos memoráveis. Entretanto, por problemas extra-quadra, a edição de 2017 não aconteceu. Os grandes boicotaram, e a Federação cancelou. Em 2018, o panorama é diferente. E o veterano, entusiasta do torneio, planeja bons desafios.

“Fiquei muito triste com a não realização no ano passado. Sou carioca, fui criado aqui e sempre acompanhei os estaduais de perto. Antigamente, as equipes eram formadoras de atletas de alto nível, e hoje em dia é muito difícil. Torço para que isso volte a acontecer. Botafogo, Flamengo e Vasco estão com bons times, Macaé está voltando, então, tem tudo para ser uma grande competição. Servirá, também, de preparação para o NBB”, avaliou.

Ciente de que o plantel será todo novo, Duda elogiou a direção do clube e ressaltou que a preparação será fundamental para o êxito.

“É complicado começar um time do zero, sem base fixa, mas a gente acredita que a Diretoria está fazendo um trabalho bem feito. Afinal, os atletas foram escolhidos a dedos. Com o tempo e adaptação, pretendemos fazer um bom NBB. Sabemos que, a cada ano que passa, o campeonato fica mais disputado, porém, vamos buscar o entrosamento rápido para conseguirmos os nossos objetivos”, concluiu.

Fonte: Basquete 360