Basquete: É hoje! Vasco enfrenta o Pinheiros em São Januário

14/11/2017 às 08h27 - OUTROS ESPORTES

Chegou a hora. Montado para brigar pelo título do Novo Basquete Brasil e tido como um dos favoritos ao torneio, o Vasco irá reencontrar a sua torcida. Após um revés inesperado em Belo Horizonte, diante do Minas, na primeira rodada, o Cruz-Maltino joga pela primeira vez em São Januário pelo NBB. Diante do Pinheiros, às 20h, nesta terça-feira, Giovannoni & cia esperam apagar a má impressão e dar o primeiro passo para brigar pelas primeiras posições visando os playoffs. O caminho é longo e para o pivô Gustavo, que jogava justamente na equipe paulista, não será fácil. Por isso, o apoio do vascaíno será fundamental, aposta.

- Precisamos entrar com firmeza contra o Pinheiros. Vamos jogar nosso primeiro jogo em casa, com o apoio da torcida, então precisamos ditar nosso ritmo em quadra para conseguirmos vencer esta equipe. Sempre será uma partida diferente para mim quando for enfrentar o Pinheiros, pois tive muito sucesso lá na última temporada, que me fez ser reconhecido e contratado pelo Vasco. Darei minha vida amanhã para que possamos sair com o resultado positivo - explica o jogador.

O Vasco começou o ano sendo campeão do Torneio de MG, diante do próprio Minas Tênis. Invicto em seis jogos, deixou boa impressão. A equipe foi completamente reformulada, com a chegada de oito reforços, entre eles Lucas Mariano e Fúlvio, que estão convocados para a seleção brasileira para os jogos contra Chile e Venezuela pelas Eliminatórias. Para o técnico André Barbosa, porém, é uma coisa de cada vez.

- Sabemos que a equipe pode melhorar muito. E o NBB é um torneio muito equilibrado. Sabemos que há uma expectativa grande para essa equipe, não fugimos disso, mas vamos com uma coisa de cada vez. Temos a primeira fase e a nossa ideia é brigar para ficar entre os quatro primeiros. Depois disso, pensamos nos playoffs e no que virá por aí. São sempre jogos difíceis e sempre com equipes de qualidade - lembra Dedé.

Do outro lado, o Pinheiros tem a expectativa de ao menos repetir o último NBB, quando chegou até às semifinais e eliminou o próprio Vasco nas oitavas. A equipe acabou caindo nos playoffs do Campeonato Paulista, mas fez uma boa fase semifinal da Liga Sul-Americana. Não conseguiu a vaga na decisão, mas em três jogos venceu dois, batendo Flamengo e Olimpia-PAR. Agora, conta com a base mantida por Holloway, Bennett e Ansaloni para manter-se na parte de cima. Será a estreia do Pinheiros na competição.

Para o técnico César Guidetti, quem deve brilhar na temporada é o menino Ruivo, que no ano passado vinha do banco e neste ano já assumiu papel de protagonista na armação da equipe, como foi na própria Liga Sul-Americana.

- Ele sempre se destacou nas categorias da base. O que acontece agora é resultado de todo o trabalho. Sempre teve talento e dedicação. Na temporada passada foi inserido. Quando era possível entrava. Ganhou confiança. Nessa temporada ele chega efetivo, o armador do time. Numa formação com o Bennett. Para nós não é uma surpresa. Sabemos da condição que ele tem. É um jogador futuro de seleção brasileira - garante o técnico César Guidetti.

Fonte: GloboEsporte.com