Basquete: Ex-Fla e hoje no Vasco, Hélio enaltece importância do clássico

Em 02/10/2016 14:49
 
HélioHélio
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Clássico dos Milhões, definitivamente, voltou às quadras e o basquete carioca promete ferver nas próximas semanas. De volta à elite, o Vasco conquistou a Liga Ouro na última temporada e garantiu uma vaga no NBB, cujo atual campeão é o rival Flamengo. Depois da vitória cruz-maltina por 84 a 80, válida pelo torneio Super Four, disputado em Fortaleza, as equipes voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira (03) agora pelo Carioca.

O confronto entre os times será realizado às 20h (de Brasília), no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Se o Vasco venceu o título brasileiro de 2000 ao bater o Flamengo, o Rubro-Negro levou a melhor na última decisão entre as equipes, quando derrotou o Cruz-Maltino pelo Carioca de 2007. E a equipe da Gávea conseguiu o título com dois atletas que hoje atuam em São Januário: o armador Hélio e o pivô Wagner.

Aos 34 anos, Hélio comentou sobre o clássico carioca e lamentou que o primeiro duelo entre as equipes pelo Carioca seja realizado com torcida única.

“É uma situação nova, jogando um clássico pelo lado do Vasco, mas é algo muito bom. Só quem joga clássico sabe como é. Me sinto privilegiado por jogar nesse jogo tão famoso no Brasil. (Torcida única) é ruim demais, perde o sentido do clássico, mas temos que ganhar esse jogo na segunda-feira e buscar também quando tivermos a nossa torcida do lado. Precisamos deixar isso um pouco de lado e focar nos jogadores do Flamengo”.

Outro que já vestiu o uniforme rubro-negro é o norte-americano David Jackson, que teve boas atuações no início da temporada e é um dos reforços para o ano, assim como os pivôs Murilo, Fiorotto e Wagner, além do armador Nezinho.

O experiente armador Nezinho, que já enfrentou o Flamengo em muitas partidas pelo NBB, ressaltou a grandeza do clássico.

“São duas equipes que têm uma tradição antes de eu nascer, do Marcelinho nascer, e vai continuar depois que formos embora. Por eu estar participando disso, estou muito feliz”.