Basquete: Flamengo x Vasco terá torcida única em reencontro no Estadual

Em 02/10/2016 08:19
 

Após nove anos de ausência, o Clássico dos Milhões volta ao Estadual Masculino de Basquete. Mas o reencontro de Flamengo e Vasco, amanhã, às 20h, será no Tijuca Tênis Clube, e, por motivo de segurança, terá torcida única — o Rubro-negro é o mandante.

A restrição é motivo de lamento para os três atletas que participaram do último jogo entre os clubes no campeonato, na decisão de 2007, no Maracanãzinho, e que continuam na ativa: o ala-armador Marcelinho Machado, o armador Hélio e o pivô Wagner. Os três atuavam pelo clube da Gávea na época. Hoje, só o primeiro continua: os outros dois estão no Cruz-maltino.

— Torcida única muda as características do clássico. Não sou a favor, temos ginásios grandes para receber jogos dessa magnitude. Não entendo o motivo, mas se tem que ser assim, vamos em busca da vitória — afirma Marcelinho.

Os clubes queriam que a partida fosse no Maracanãzinho, mas o ginásio está entregue ao Comitê Rio-2016 até o dia 30. O primeiro encontro das equipes na temporada foi em Fortaleza, no último domingo, quando o Vasco venceu o Flamengo por 84 a 80, num torneio amistoso. Wagner diz que amanhã, porém, o clima será diferente:

— O clássico tem um charme maior por ser no Rio. O ideal seria com as duas torcidas, num ginásio maior. Seria o cenário perfeito.

O Vasco terá seus torcedores no jogo de volta, dia 14. Antes disso, Hélio não acredita que será vítima de vaias amanhã pelo fato de defendido o Flamengo por cinco anos, até 2009:

— Acho que vai ser normal, como em todo clássico. O basquete nacional precisa de um jogo como esse, todos ficarão felizes.