Basquete: Fora de casa, Vasco perde para o lanterna do NBB: 78x73

07/01/2017 às 19h24 - OUTROS ESPORTES
Foto: Geremias Orlandi/Caxias do Sul Cruz-Maltino teve mais uma atuação irregular no NBB
Cruz-Maltino teve mais uma atuação irregular no NBB

Irregular ao extremo, o Vasco é vítima dele próprio no Novo Basquete Brasil. Alternando altos e baixos na temporada, o Cruz-Maltino teve mais um dia abaixo da média e não encontrou forças para vencer o lanterna Caxias do Sul, até então com apenas um triunfo em 13 jogos. Jogando no Ginásio que leva o seu nome, Vasco da Gama, no Sul do Brasil, o time carioca foi derrotado por 78 a 73 (57 a 54 no primeiro tempo) e viu o técnico Dedé Barbosa conhecer sua primeira derrota no comando da equipe que ocupa o nono lugar com seis derrotas e cinco vitórias.

Os quatro períodos do duelo foram uma síntese perfeita do Vasco até aqui no NBB. Dormindo no primeiro quarto, a equipe foi dominada. Depois, acordou e devolveu a pontuação, indo para o intervalo com o jogo em aberto. O terceiro período, equilibrado, terminou com vitória do Caxias, assim como o quarto, quando o Cruz-Maltino pecou nos três minutos finais ao tomar decisões erradas.

O cestinha do jogo foi Vinícius, do Caxias, com 17 pontos. Ele ainda pegou cinco rebotes e deu seis assistências. Com 14 pontos, Marcão foi outro destaque, assim como Diego, com 13 pontos e oito rebotes. No Vasco, Murilo fez 16 pontos, com quatro rebotes. Nezinho deixou o jogo com 13 pontos, e David Jackson com 15.

Na próxima rodada, na sexta-feira, 13, o Vasco terá pela frente o Pinheiros, dentro de casa, no Ginásio de São Januário, às 20h15. Já o Caxias do Sul joga contra o próprio Pinheiros, mas dois dias antes, na quarta-feira, 11, em casa, às 20h05. 

Os primeiros quatro minutos foram de domínio do Caxias do Sul. Empurrado pela pontaria de Vinícius, que acertou duas bolas seguidas de três pontos, a equipe abriu 12 a 4 e fez o Vasco parar o jogo com o técnico Dedé. A paralisação não surtiu efeito e o Caxias voltou com mais uma bola de três, desta vez pelas mãos de Guto, colocando 15 a 6. O Cruz-Maltino tentava se reequilibrar, e faltando três minutos para o fim do período Murilo trouxe para 17 a 8 a desvantagem. No minuto final, Palácios colocou a primeira bola de três do Vasco no jogo e o quarto terminou em 18 a 12 para o Caxias.

Mais ligado no segundo quarto, o time carioca precisou de apenas um minuto para colar no rival. Com quatro pontos de Drudi, a equipe trouxe o placar para 18 a 16. Foi quando O Caxias acordou e voltou a colocar bola de três, agora com Gaúcho, fazendo 21 a 16. Daí em diante, porém, a partida foi lá e cá e chegou na metade do período em 23 a 23 depois de bola certeira de Nezinho de três para o Vasco. Faltando um minuto para o fim da etapa, o time carioca esteve pela primeira vez à frente com Márcio e David Jackson acertando para dois: 32 a 28. Na quinta bola de três no jogo, o Caxias encostou em 32 a 31 no fim do quarto.

No retorno para a quadra, Caxias começou com bola de três pontos de Guto. Abrindo 9 a 5 no período, o time da casa conseguiu passar à frente em 40 a 37 com dois minutos jogados. Marcão, em dois lances livres, e Vinícius, para dois, ampliaram ainda mais a vantagem da equipe da casa, que fez 44 a 37. Sempre com David Jackson e Nezinho, o Cruz-Maltino voltou a encostar depois de duas bolas de três: 47 a 45. Os dois minutos seguintes foram de trocas de pontos e o Caxias do Sul manteve dois de frente com 51 a 49. No minuto final do terceiro período, Palácios meteu bola de três e o Vasco colou de vez com 53 a 52. Fred e Diego, porém, deixaram o Caxias seguir comandando ao fim do período com 57 a 54.

Em bola de três, Hélio começou o período decisivo mantendo o Vasco no jogo: 59 a 57 para o Caxias. Carioca respondeu e Nezinho contra-atacou na mesma moeda. com quatro minutos jogados, Vinícius meteu sua terceira bola de três e fez 64 a 59 para os anfitriões. Diego, em bola de dois, ampliou ainda mais para 66 a 59. O Vasco tentava com Fiorotto, mas a vantagem do time da casa era mantida em cinco pontos: 68 a 63. Marcão, na enterrada, deixou o Caxias com 70 a 65 faltando três minutos para o fim.  Em mais uma cravada de Marcão, o time da casa se aproximou da vitória ao abrir 74 a 67 faltando um minuto. Drudi, com três pontos seguidos, deu fôlego extra ao Vasco. Fred, acertando dois lances livres, complicou a vida dos cariocas ao colocar 76 a 70 faltando 38 segundos. O Vasco tentou parar a partida com faltas, mas não teve sucesso e perdeu por 78 a 73.

PONTUAÇÕES

Caxias do Sul: Carioca (9), Diego (13), Vinícius (17), Fred (4), Douglas (0), Marcão (14), Guto (6), Rubinho (0), Dida (0), Stabile (5), Arthur (10) e Rech (0).

Vasco: Hélio (7), Wagner (0), Gaúcho (0), Palácios (8), Marcellus (0), Fiorotto (2), Márcio (2), Drudi (10), Murilo (16), Nezinho (13), Bruninho (0) e David Jackson (15).

Fonte: Globoesporte.com (texto)/ Twitter oficial do Vasco (foto)

Enquete

Quem você quer que seja o novo presidente do Vasco?