Basquete: Gui Deodato fala sobre partida diante do Basquete Cearense

05/12/2017 às 08h24 - OUTROS ESPORTES

Desde a formação do elenco para o NBB 10, o Vasco foi colocado entre os favoritos para o título do torneio. O início da competição, porém, foi bem diferente do que os Cruz-Maltinos esperavam. São quatro jogos até aqui e apenas uma vitória, contra a Liga Sorocabana. Derrotado por Minas, Pinheiros e Mogi, o time carioca ganhou quase uma quinzena apenas de treinos para se reorganizar na competição. Nesta terça-feira, às 19h30, a equipe será novamente colocada à prova diante do Basquete Cearense, fora de casa, no Ginásio Paulo Sarasate, no Ceará.

E se o Vasco vem de derrota, os cearenses esperam embalar. A equipe também venceu apenas um jogo em quatro, mas vem de vitória sobre o Botafogo na última rodada. No Cruz-Maltino, o começo abaixo do esperado faz com que os jogadores queiram "tirar o prejuízo", como diz o ala Gui Deodato.

- Estamos trabalhando e sabemos que corremos atrás de um prejuízo. Mas deve ser algo natural. Temos um elenco de craques e a noção de que precisamos de um certo entrosamento, além de pegar algumas coisas nos treinos do dia a dia. Estas derrotas no início do campeonato farão com que aumentemos a maturidade e que joguemos ainda mais focados para melhorarmos o desempenho, que tenho certeza que ocorrerá naturalmente e as vitórias chegarão - disse Gui Deodato.

Para Léo Waszkiewcz, do Basquete Cearense, o segredo para vencer o Vasco está na defesa. Foi assim que o time proporcionou ao Botafogo apenas 47 pontos e conseguiu o primeiro triunfo no NBB.

- Se fizermos uma boa defesa novamente e soubermos contra-atacar com inteligência, temos grandes chances de fazer um excelente resultado. O Vasco é considerado uma das equipes favoritas ao título na Liga por ter um elenco que muitos já passaram por seleção brasileira, mas nós já vencemos esse time na pré-temporada. As duas equipes se conhecem então precisamos fazer um jogo bem concentrados e esperamos o apoio da torcida, assim como aconteceu na sexta-feira - disse Léo Waszkiewcz.

Já Gui Deodato alerta que as equipes se conhecem, pois se enfrentaram no Torneio de MG no mês anterior, antes do começo do NBB.

- Conhecemos o Basquete Cearense, o estilo de jogo deles, principalmente em casa. O duelo aqui no Rio mostrou que não podemos bobear contra eles e ficou claro que temos totais condições de vencer. Esperamos um Basquete Cearense forte, porém estaremos ainda mais fortes. Tenho certeza que reagiremos muito bem a este começo. Não será fácil, mas quando esta equipe engrenar será algo assutador para o lado bom, pelo potencial que temos. Vamos melhorar muito em relação aos outros jogos e pegando moral subiremos na tabela.

Fonte: GloboEsporte.com