Basquete: Guilherme Giovannoni almeja 'ir mais longe' no NBB

02/11/2017 às 08h33 - OUTROS ESPORTES

Tido como um dos principais integrantes do elenco do Vasco da Gama, Guilherme Giovannoni revelou quais são as aspirações de sua equipe para esta nova temporada do NBB. Estreante na última edição, o Cruz-Maltino teve uma campanha bastante satisfatória levando em conta o fato de ser "marinheiro de primeira viagem", se classificando para a fase classificatória e dificultando a vida do Pinheiros na luta por uma vaga nas quartas de final da competição.

Prestes a iniciar uma nova campanha no Novo Basquete Brasil, o Vasco chega à disputa com a confiança lá em cima após faturar o título da Copa Avianca, torneio preparatório para o NBB que aconteceu em Belo Horizonte no último mês. Na ocasião, a equipe comandada pelo técnico André Barbosa venceu a final contra o Minas Tênis Clube, dono da casa.

"Fundamentalmente tivemos uma ótima preparação, foram três meses de treinamento. Pudemos ter um planejamento físico, técnico e tático em todo esse período, isso, sem dúvida, ajudou demais. Agora, é lógico que a gente almeja ir longe nesse NBB, inclusive brigar pelo título, mas a gente sabe que tem muito trabalho pela frente ainda. Já mostramos um bom basquete no primeiro torneio, mas com muita margem para melhora, e é isso que a gente vai buscar", disse Guilherme Giovannoni.

Passada a estreia no NBB, o Vasco agora tem a grande responsabilidade de se consolidar como uma das potências do basquete nacional e fazer frente ao Flamengo, principal rival da agremiação Cruz-Maltina e maior campeão do torneio (cinco títulos).

"A gente sabe que a torcida quer um time muito competitivo, que lute pelo título, e sabemos da responsabilidade que a gente tem. Quando a gente acertou com o Vasco, a gente já sabia que ia ser assim. Acho que toda equipe que tem um investimento alto, tem a cobrança por resultados, ainda mais tendo uma torcida de peso, como é a do Vasco. A nossa equipe é uma equipe que está bem mesclada com experiência e juventude para superarmos a pressão e fazer bem o nosso trabalho", prosseguiu o experiente ala.

Giovannoni marcou uma era em Brasília. Eleito seis vezes para o Jogo das Estrelas do NBB, o ala foi tricampeão do torneio com o time da capital federal e por lá se tornou ídolo, permanecendo por oito temporadas. Justamente por isso, o anúncio de sua transferência para o Vasco foi surpreendente, porém, ele enxerga essa mudança de ares com bons olhos.

"O fato é que fiquei oito anos em Brasília, nunca tinha ficado esse tempo em qualquer outra equipe. Depois de tanto tempo, uma mudança tira a gente um pouco da zona de conforto. Vejo isso positivamente, porque estou extremamente estimulado para essa temporada e, sem dúvida, essa motivação faz com que eu tenha mais vontade de treinar e ganhar os jogos", afirmou Giovannoni antes de valorizar a mistura de medalhões com jovens talentos no Vasco para esta nova temporada.

"A gente tem um grupo bem homogêneo, bem legal, um pessoal que está ali disposto a se sacrificar pelo bem da equipe, e isso é fundamental. Então a gente tem que levar com naturalidade e também, junto com o Fúlvio, o David e o Nezinho, que são os mais velhos da equipe, passarmos experiência e conquistar as vitórias", concluiu.

O primeiro jogo do Vasco na décima edição do Novo Basquete Brasil acontece na próxima terça-feira, contra o Minas Tênis Clube, às 19h30 (de Brasília), em Belo Horizonte.

Fonte: Gazeta Esportiva