Basquete: Após reformulação em 2017, Vasco mostra que estará forte para NBB

31/10/2017 às 21h27 - OUTROS ESPORTES

O cartão de visitas foi dado. Completamente reformulado para esta temporada, o Vasco começou o ano mostrando que dará trabalho no Novo Basquete Brasil. Forçando a defesa e cirúrgico no ataque, o Cruz-Maltino dominou e bateu o Minas em Belo Horizonte por 81 a 57, conquistando o título do Torneio de MG, competição preparatória para o NBB. Além da taça, os cariocas dominaram completamente a disputa, vencendo todos os seis jogos que fizeram, com triunfos sobre Flamengo, Basquete Cearense, Vitória, Botafogo e Minas (duas vezes). O elenco, reforçado por oito peças que se revezam entre si sem perda de qualidade, deu o recado de que vem forte para brigar lá em cima.

Os cariocas voltam a jogar no dia 7 de novembro, novamente diante do Minas, na estreia do NBB, em Belo Horizonte. O primeiro jogo no Rio de Janeiro diante da torcida será no dia 14 de novembro, contra o Pinheiros, provavelmente na Arena Carioca 1, do Parque Olímpico da Barra da Tijuca.

Foto: GloboEsporteBasquete
 

Minas só consegue equilíbrio no primeiro quarto

O Vasco produziu no primeiro quarto, mas não acertou praticamente nada. Com os arremessos na casa dos 27%, Giovannoni foi quem apareceu melhor com quatro pontos. Com energia em quadra, os mineiros abriram 18 a 9 com grande período de Wesley, que além de marcar Lucas Mariano ainda anotou oito pontos, com o americano Billy Rush auxiliando com mais cinco: 18 a 11 no fim do quarto.

Melhor no segundo período, o Cruz-Maltino abriu 11 a 3 em quatro minutos e virou para 22 a 21 com sete pontos de Lucas Mariano e uma bola de três de Nezinho. Com a defesa bem mais agressiva, o Vasco aproveitava os contra-ataques para pontuar. Perdido, Minas errava muito e dava brechas. Não demorou muito, os vascaínos abriram 31 a 22 e 20 a 4 no segundo período, novamente com o cincão Lucas Mariano dominando o garrafão em ponte aérea com Fúlvio: 33 a 22.

O panorama não mudou em nada no começo do terceiro período. Forçando na defesa, o Vasco encurralava o Minas. Com duas bolas de três, Gui Deodato seguia bem no jogo. Com cinco minutos, o time carioca colocou 49 a 28, com 16 a 6 na parcial. No banco, Flávio Espiga pedia para os mineiros não desistirem do duelo, mas do outro lado Renato cravou, abrindo a maior vantagem até então: 51 a 30. Roquemore enfim entrou no jogo para o Minas, com sete pontos, mas o quarto terminou com 63 a 41 para o Vasco.

Desanimado, o Minas não tinha forças para reagir. Em quase 15 minutos corridos, anotou apenas 21 pontos, e na metade do último quarto já perdia por mais de 30 pontos: 77 a 43. Apesar da vitória praticamente garantida, o Vasco não diminuiu o ritmo. Fúlvio, certeiro nas assistências, anotou seus primeiros três pontos no quarto derradeiro. E Gegê passou a aparecer mais para o Minas, inclusive nas infiltrações, mas o placar já estava consolidado e o Vasco confirmou a conquista com a vitória por 81 a 57.

Foto: GloboEsporteBasquete

Fonte: Globoesporte.com