Basquete: Vasco vence o Macaé por 75 a 62 pelo Estadual

Em 30/09/2016 22:03
 
David JacksonDavid Jackson
Foto: Paulo Fernandes/Vasco

No embalo do americano David Jackson, autor de 23 pontos nesta noite, o Vasco venceu a sua segunda partida pelo Estadual de basquete. Depois de estrear derrotado o Botafogo, em General Severiano, o Cruz-maltino superou o Macaé nesta sexta-feira, em São Januário, por 75 a 62 (26 a 30). Além de Jackson, outro jogador de destaque na equipe vascaína foi Márcio Dornelles, que pontuou 14 vezes. Pelo lado do Macaé brilhou a estrela de Thiaguinho, cestinha do jogo com 26 pontos.

- Gostei da minha atuação e da atuação do time. Fico feliz em ter ajudado o Vasco a chegar a essa vitória. Este início de trabalho tem sido bem satisfatório, e esperamos seguir assim ao longo da temporada - disse David Jackson.

O time da Colina volta a jogar pelo Estadual na próxima segunda-feira. O adversário é o arquirrival Flamengo no ginásio do Tijuca Tênis Clube, às 20h, com torcida única. Como o mando de quadra é do time da Gávea, os ingressos serão vendidos apenas para rubro-negros.

O JOGO


O Macaé começou a partida com um maior ímpeto ofensivo e, com um minuto jogado, já vencia por 5 a 0. Desfalcado de Nezinho, Hélio e Gaúcho, todos machucados, o Vasco só começou a reagir a partir do terceiro minuto, quando o americano David Jackson fez os primeiros pontos vascaínos. Aos quatro, Márcio chutou para três e virou a partida: 7 a 5. O Macaé reagiu com cesta de Erick, o Vasco respondeu com Murilo. O jogo seguiu lé e cá até o fim do quarto, e os times foram para o segundo período empatados em 18 a 18. 

Os primeiros pontos do segundo quarto foram marcados por Schneider, convertendo dois lances livres para a equipe do norte-fluminense. Com muitos erros de ataque, o Vasco só voltou a pontuar com cinco minutos jogados, graças a uma cesta de Drudi da direita do ataque cruz-maltino. O lance incendiou o time de São Januário, que pontuou na sequência com Marcellus. O Macaé não se abateu e voltou a abrir boa vantagem após chute certeiro de três de Thiaguinho: 28 a 22. O Vasco ainda tentou a reação antes do intervalo, mas foram os visitantes que venceram o período pelo baixo placar de 12 a 8, fazendo 30 a 26 na partida.

O terceiro quarto começou com uma cesta de David Jackson para o time da Colina. O Macaé respondeu fazendo sete pontos em sequência, o último deles numa bandeja de Schineider. Aos seis minutos, Fioritto teve a chance do empate, mas o árbitro marcou falta de ataque do jogador vascaíno. Na sequência, Erick acertou um chute para três, fazendo 42 a 37 para o Macaé. A dois minutos do fim, o Vasco conseguiu o empate após dois lances livres convertidos por David Jackson. A virada veio segundos depois com William Drudi. O lance incendiou a torcida vascaína, que passou a empurrar o time, que foi para o último quarto vencendo por 54 a 44. 

O Vasco voltou para o período final com a mesma pegada. No primeiro lance, Márcio acertou chute de três. Pouco depois, David Jackson voltou a puxar o jogo para si, fazendo o Vasco disparar no placar. A três minutos do fim, o placar apontava 66 a 44 para os mandantes, que passaram a utilizar até alguns jogadores reservas como o veterano Ricardinho. A partir de então, o Vasco apenas administrou o resultado até fechar a partida em 75 a 62.

ESCALAÇÕES


Vasco: Palácios, Márcio, David Jackson, Fiorotto e Murilo. Reservas: Bruninho, Wagner, Marcellus, Ricardinho e Drudi. Técnico: Christiano Pereira.

Macaé: Cícero, Thiaguinho, Erick, Rafael e Schneider. Reservas: Matheuzinho, Carlinhos, Adyb, Lucas, Mateus e Pezão. Técnico: Léo.