Quem sai e quem fica no Vasco? Vote! clique aqui

Basquete: Vasco vive ameaça de desmanche

08/01/2018 às 08h22 - OUTROS ESPORTES

Vivendo uma semana conturbada com atraso de salários e ameaça de desmanche, o Vasco volta a jogar nesta segunda-feira pelo Novo Basquete Brasil (NBB). O adversário é o Joinville, às 20h, no Centreventos Cau Hansen, em Joinville. Além dos lesionados Fúlvio e Gui Deodato, o Cruz-maltino não terá o ala americano David Jackson, que se desligou do clube no último sábado após uma reunião entre os atletas e o vice-presidente de quadra e salão do Vasco, Fernando Lima.

Jackson foi o primeiro jogador a sair, motivado pela crise financeira que assola o clube da Colina. Segundo os jogadores, os atrasos salariais já chegaram a três meses. A diretoria vascaína, porém, diz que deve apenas o mês de novembro e o 13º, uma vez que cada pagamento acontece no dia 20 do mês posterior vencido.

O GloboEsporte.com apurou que a situação entre clube e atletas está "insustentável" e que uma parte dos esportistas têm medo de retaliações, já que está chegando ao fim o prazo para transferências no NBB - um desmanche na equipe pode acontecer antes do fim do turno.

Segundo o regulamento do campeonato, além de o clube interessado na contratação de um determinado atleta precisar emitir uma carta liberatória do time atual do jogador, é necessário que o jogador em questão tenha seu nome incluído na relação da equipe de destino e que todos os procedimentos de transferência tenham sido realizados até o último dia útil antes da data prevista para o final do primeiro turno, que se encerra em 19 de janeiro.

Ao todo, oito atletas foram contratados para o NBB 2017/18: Guilherme Giovannoni, Fúlvio, Gui Deodato, Lucas Mariano, Chris Hayes, Dedé, Gustavo e Renato. Em outubro, o estrelado time venceu o Torneio de Belo Horizonte, enchendo os torcedores de esperança. Mas, desde então, os salários já estariam atrasados. E no campeonato nacional a equipe teve bons e maus momentos.

Na pré-temporada do NBB 10, o Vasco da Gama ainda devia valores relativos à nona edição do campeonato nacional. Sabendo disso, alguns atletas contratados para a 10ª edição do NBB pediram, inclusive, para assinar a carteira de trabalho para ter direitos trabalhistas caso, no futuro, viessem a precisar entrar na Justiça contra a equipe carioca.

Neste fim de semana, ex-atletas do Vasco como Palacios, Marcellus, Murilo e Márcio Dornelles foram às redes sociais revelar que ainda têm dinheiro a receber do Clube da Colina. O GloboEsporte.com tentou diversos contatos com Fernando Lima, mas o vice-presidente de desportos de quadra e salão preferiu manifestar-se apenas por meio de nota no site Casaca, do grupo político de Eurico Miranda.

Com três vitórias e sete derrotas, o Vasco ocupa atualmente a 11ª colocação na classificação do NBB. Avançam aos playoffs os 12 primeiros colocados ao fim da primeira fase. O Joinville, por sua vez, é o primeiro time fora do G12. Os catarinenses fizeram dez partidas até aqui com duas vitórias e dez derrotas.

Fonte: GloboEsporte.com