Basquete: VP explica atraso nos pagamentos dos atletas

06/01/2018 às 17h55 - OUTROS ESPORTES

Matéria publicada pelo GloboEsporte.com a respeito da situação do basquete profissional do Vasco contém uma série de equívocos. A fim de esclarecer certas informações e fornecer outras, conversamos com o Vice-Presidente de Quadra e Salão, Fernando Lima. Eis os esclarecimentos/novas informações: 

– o GE menciona que os atletas possuem até o 8o jogo da liga para se desvincular da equipe original. Este artigo não existe no regulamento. Liberado pelo clube de origem documentalmente, qualquer atleta obtém a sua desvinculação e pode seguir para outra equipe. 

– Além disso, todos os procedimentos de transferência devem estar concluídos até o dia 16/1/2018, data de encerramento do turno. 

– no Vasco, há acordo com os atletas para pagamento até o dia 20 posterior do mês vencido. 

– o Vasco acertou com o elenco os salários referentes a outubro, portanto a serem pagos até 20/11. 

– sendo assim, há o mês de novembro em atraso, além do 13o, que no caso dos atletas do basquete é proporcional, uma vez que quase todo o elenco foi contratado a partir de agosto/setembro de 2017. 

– a diretoria reuniu-se com os atletas para prestar esclarecimentos no sentido de que a crise financeira está intimamente ligada ao problema de ordem política existente. 

– todos os atletas concordaram que devem manter a concentração em modificar o atual panorama do time na tabela do NBB, oferecendo voto de confiança à diretoria. 

– após esta reunião, o atleta David Jackson, pressionado por seu empresário, que quis fazer valer o acordo que garante pagamento no dia 20 posterior ao mês vencido, decidiu deixar o elenco. 

– com sua saída, o Vasco está no mercado em busca de outro jogador estrangeiro de qualidade. 

CASACA! 

Fonte: Casaca.