Breno e Paulão fazem sexto jogo seguido juntos contra o Avaí

19/06/2017 às 08h18 - FUTEBOL

A vitória por 1 a 0 sobre o Avaí, sábado, em São Januário, encerrou uma série de oito partidas do Vasco sofrendo gols. A última vez que o sistema defensivo tinha passado ilesa foi há dois meses, na final da Taça Rio, contra o Botafogo. A equipe catarinense é a lanterna da competição, mas deu trabalho para a zaga, visto que o goleiro Martín Silva foi um dos destaques, com grandes defesas. Os cruz-maltinos, no entanto, seguem como os mais vazados do Brasileiro - 17 vezes em oito rodadas.

O técnico Milton Mendes acredita que o Vasco fez por merecer não ter levado gol contra o Avaí. Ele contou que no intervalo corrigiu o posicionamento de Nenê e Pikachu para melhorar a compactação no meio de campo.

- O Avaí teve envolvências, é uma equipe que joga bem. Impuseram um ritmo depois que levaram o gol. Acho que foi mais mérito nosso do que deles. Martín defendeu bolas boas, zaga tirou bolas boas, o meio estava compactado. Sofremos no fim do primeiro tempo porque nossos homens de lado não estavam indo para dentro. Arrumamos no intervalo e as oportunidades apareceram - disse Milton.

Firmes como dupla titular, Breno e Paulão iniciaram o sexto jogo seguido juntos. Contra o Avaí, Milton Mendes inverteu os lados. Breno atuou pela esquerda, e Paulão pela direita. Ambos foram bem especialmente nas bolas aéreas, mas tiveram dificuldades com o ataque adversário e também na saída de bola quando foram pressionados.

Nesta quarta-feira, às 21h, contra o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, o sistema defensivo cruz-maltino terá um grande desafio para tentar provar que evoluiu realmente. Antes da partida contra o Avaí, Milton Mendes avisou que vai rever a estratégia de escalar a equipe com uma formação mais defensiva. A tendência é de que o time seja repetido se Jean se recuperar em tempo da pancada que recebeu na coxa.

Fonte: GloboEsporte.com