Capitão do Vasco em 2009, Carlos Alberto revela coração rubro-negro

Em 12/09/2016 18:21
 

Carlos Alberto foi revelado pelo Fluminense em 2001 e pelo Rio de Janeiro passou por mais dois clubes depois: Vasco da Gama e Botafogo. Mas o meia do Figueirense fez uma analogia e deixou no ar que é flamenguista e quer encerrar a carreira no Flamengo. 

Convidado do Resenha ESPN deste domingo, Carlos Alberto fez uma analogia dos três clubes em que passou no Rio de Janeiro comparando-os com “namoradas”, onde no fim se declarou flamenguista (sem citar o nome do Flamengo) e ainda concluiu que é o lugar que quer pendurar as chuteiras. 

“Eu tenho uma história com cada clube do Rio, mas ainda tem um que eu preciso ter uma história com esse“, contou dando risadas desconversando se era o Flamengo. “Não sei“. 

“O Fluminense é minha mãe que me formou, que me criou, que foi em Xerém, me ensinou a ter princípios. O Vasco foi uma grande namorada que eu tive, que eu me casei, onde tive meus filhos… inclusive meus filhos nasceram (quando estava) no Vasco. O Botafogo foi meu affair que eu sai, voltei, aí voltei de novo. E tem aquela grande mulher que você sempre quer ter, que não vou falar o nome, mas vocês já sabem, que um dia eu vou casar. Não posso falar o nome, mas vocês já sabem. No Rio eu joguei em três clubes (grandes), falta um“, disse Carlos Alberto onde se declara. “Essa é (a ‘mulher’ que ama). Em 94 eu tinha 9 anos e ela me rejeitou. Eu era criança, me rejeitou. Não preciso dar nomes aos bois, mas é isso aí“, finalizou.