Clássico vira 'ensaio geral' para estreia na fase de grupos da Libertadores

07/03/2018 às 08h12 - FUTEBOL

Tão importante quanto a luta pela liderança da Taça Rio é a busca constante de Vasco e Fluminense por afirmação em 2018. Em reconstrução, os eternos rivais vão protagonizar no clássico desta quarta, às 19h30, no Nilton Santos, uma espécie de ensaio geral para decisões, na próxima semana, pela Libertadores e Copa do Brasil, respectivamente. E nada melhor para chegar com a confiança fortalecida como um bom resultado hoje à noite.

Jogador mais jovem a marcar pelo Vasco na história da Libertadores, Paulinho, de 17 anos, ilustra bem o momento da equipe na temporada. Talentoso, o atacante tenta superar a oscilação e se consolidar. Desafio similar que o técnico Zé Ricardo tem à frente do Cruzmaltino.

Com 100% de aproveitamento na Taça Rio, o Fluminense será um teste daqueles para os vascaínos. Já de olho no confronto com a Univerdidad de Chile, dia 13, pela Libertadores, o treinador aposta na manutenção da equipe, mesmo diante da dificuldade ao longo do Carioca.

"A preocupação com o Fluminense é de uma forma geral. Abel (Braga), com todo seu conhecimento, achou uma forma de jogar interessante. Mas temos que ter tranquilidade, porque oscilações acontecem. Não podemos ficar mudando, senão causa falta de confiança", aposta Zé.

Abel Braga se reinventou para superar o pior momento da crise tricolor. Com a debandada dos principais jogadores, apostou em contratações estratégicas, dentro da realidade financeira do clube, para criar uma nova forma de jogar em 2018.

Com 100% de aproveitamento na Taça Rio, o Tricolor vê no clássico com o Vasco a chance de medir forças visando o confronto com o Avaí, dia 15, na Ressacada, pela Copa do Brasil. Após a derrota de 2 a 1, no Nilton Santos, a equipe colocará todas as armas em ação, caso de Pedro. Vice-artilheiro da equipe, com quatro gol, Pedro, de 20 anos, segue em busca da afirmação no Flu.

"Sei da minha responsabilidade. Estou preparado para ser titular do Fluminense. Procuro sempre ajudar o time da melhor forma, seja com gol, seja com assistência", disse.

Fonte: O Dia