Com Anderson Martins, Vasco passa a ter menos gols sofridos

13/09/2017 às 08h12 - FUTEBOL

Anderson Martins fez apenas três jogos em seu retorno ao Vasco, mas este início promissor já foi suficiente para os cruz-maltinos se encherem de esperança por uma reta final de Brasileiro mais tranquila. Antes, a média de gols sofridas era de 1,55 por partida (31 gols em 20 rodadas). Com Anderson em campo, é de um gol sofrido por jogo.

Não fosse o 3 a 0 contra o Bahia, na Fonte Nova, logo na estreia do zagueiro, os números seriam melhores. Nas partidas seguintes, contra Fluminense e Grêmio, a equipe não foi vazada pela primeira vez em duas rodadas seguidas. O Vasco chegou a ser o clube mais vazado da competição, mas atualmente (34) levou menos gols do que Atlético-GO (37), Chapecoense (37) e São Paulo (35).

Depois de uma estreia ruim contra o Bahia, Anderson evoluiu nos jogos seguintes. Diante do Fluminense, foi bastante elogiado pelos torcedores. No duelo com o Grêmio, mostrou qualidade nas antecipações, levou a melhor no jogo aéreo e conseguiu anular Barrios, principal ameaça ofensiva dos gaúchos.

A zaga do Vasco também encontrou alguma estabilidade. Se contra o Bahia, ainda sob o comando de Milton Mendes, o time entrou em campo com três zagueiros - Rafael Marques, Breno e Anderson -, os jogos com Fluminense e Grêmio foram diferentes. Valdir e Zé Ricardo montaram a equipe num 4-2-3-1, e Anderson fez dupla com Breno. Esta deve ser a parceria titular nas próximas partidas.

O Vasco é o oitavo colocado do Brasileiro com 31 pontos. Domingo, às 16h (de Brasília), a equipe vai até São Paulo enfrentar o Corinthians em sua casa.

Fonte: GloboEsporte.com