Com "profecia" de Eurico, Vasco busca vitória sobre a Ponte Preta

03/12/2017 às 09h40 - FUTEBOL
Foto: Paulo Fernandes/Vasco Eurico Miranda
Eurico Miranda

Até vascaínos fanáticos duvidaram quando o presidente Eurico Miranda afirmou que o Vasco brigaria por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Sob o comando de Milton Mendes, a "profecia" do cartola não parecia que seria concretizada, mas a chegada de Zé Ricardo renovou as esperanças na Colina. Fato é que o time pega a Ponte, às 17h, em São Januário, com o objetivo mais do que vivo.

Na 7ª colocação, o Vasco assegura um lugar na competição continental em caso de vitória sobre os campineiros. Se alcançar os 56 pontos, o Cruz-maltino, na pior das hipóteses, garante seu lugar na fase anterior a de grupos.

Para o jogo deste domingo a expectativa é de casa lotada em São Januário. Mesmo com a alta no preço dos ingressos, o Vasco espera presença maciça de sua torcida. Já rebaixada, a Ponte parece um rival sob medida para as pretensões vascaínas. Mas não para Zé Ricardo.

"Esperamos que não seja sofrido. Queremos ver todos torcedores com a camisa do Vasco e que possamos ter domínio das ações, mas que entendam que não será fácil. Nenhum jogo do ano foi fácil e não será esse agora. A preocupação é com performance, temos de fazer nosso jogo bem feito para ficarmos mais próximos do resultado", afirmou.

Para voltar a Libertadores após seis anos de ausência, o técnico Zé Ricardo crê que o Vasco precisa manter a cabeça fria para alcançar a sua principal meta na temporada:

"Não podemos deixar que a emoção seja protagonista no lugar da razão. Dessa forma vamos estar mais próximos do que precisamos fazer".

Tratado como um "campeonato à parte" pelo presidente Eurico Miranda, o duelo contra o Flamengo também estará em jogo nesta tarde. Com o rival empatado na pontuação mas com maior número de vitórias, os vascaínos podem ainda sentir o gostinho de atrapalhar a vida do adversário na luta por um lugar na Libertadores.

Vasco x Ponte Preta
Local: São Januário
Hora: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

Vasco
Martín Silva, Madson, Anderson Martins, Paulão e Gilberto; Yago Pikachu, Wellington, Evander e Nenê; Paulinho e Caio Monteiro Técnico: Zé Ricardo

Ponte Preta
Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Jeferson; Wendel, Elton, Léo Artur e Danilo Barcelos (Renato Cajá); Lucca e Léo Gamalho. Técnico: Eduardo Baptista

Fonte: Torcedores.com