Comentaristas criticam defesas no clássico carioca: "Sérios problemas"

22/03/2018 às 16h30 - FUTEBOL

Botafogo e Vasco fizeram um clássico de cinco gols, duas viradas no placar e, consequentemente, muita emoção. Porém, a vitória do Glorioso por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, também teve um lado negativo: a marcação das defesas nas jogadas de bola aérea.

A atuação dos zagueiros foi discutida e criticada no Seleção SporTV. O repórter Eric Faria, por exemplo, trabalhou no clássico e disse que os times precisam rever essa marcação, principalmente o Vasco.

- As duas defesas estão com problemas sérios. Quatro gols de cabeça. No Vasco, são os mesmos zagueiros do ano passado. Pode ser o sistema. No jogo contra o Fluminense, o Zé (Ricardo, técnico) usou o esquema com três zagueiros e foi 0 a 0.

O Vasco é, entre todos os clubes brasileiros da Série A, o mais vazado e também o que tem a pior média por jogo nesta temporada. Ao todo, sofreu 23 gols. A média é de 1,35 por partida - a Chapecoense, equipe menos vazada, tem média de 0,24. O time cruz-maltino também tem o pior percentual nos jogos sem levar gol entre todas as equipes da elite do futebol brasileiro: apenas 29,41% (o melhor neste quesito é o Cruzeiro, rival na Libertadores: 78.57%).

Destes 23 gols sofridos neste ano, 14 foram originados em jogadas aéreas. Mas no ataque este tipo de lance tem rendido frutos positivos. Dos 32 gols marcados em 2018, 13 nasceram pelo alto - com Evander, Andrey, Bruno Costa (contra), Pikachu, Paulão, Rildo, Andrés Ríos, Thiago Galhardo, Wagner, Erazo e Riascos.

Para Casagrande, o problema é na marcação. Ex-atacante, ele disse que os zagueiros no Brasil têm a mania de marcar a bola e não o adversário, que acaba se beneficiando.

- Os caras ficam olhando só a bola. Na Europa, você é mais educado futebolisticamente. Aqui todo mundo fica olhando para a bola. O atacante antecipa, e os caras não estão percebendo. Bola parada é para atacar a bola. Quem for mais agrecivo vai ganhar.

Com a vitória o Botafogo já garantiu uma vaga na final da Taça Rio, que será realizada no próximo domingo, às 16h (de Brasília). O adversário do Alvinegro sairá do duelo entre Flamengo e Fluminense, nesta quinta, às 20h, no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Sportv.com