Confira todos os pontos abordados e a apresentação oficial de Escobar

16/02/2017 às 18h58 - CLUBE

Euriquinho sobre a suposta escalação irregular de Gilberto e Jean: "O Vasco não pode responder o que alguém colocou, imprensa, clube.... Precisa que os órgãos competentes falem. Posso afirmar que o Vasco não está errado. Se fizerem a denúncia, vamos montar nossa defesa."

Euriquinho: "Qualquer pessoa envolvida no futebol torce para que não haja torcida única. Mata o espetáculo, a rivalidade... Não dá para ter torcida única, porque não tem mandante no Carioca. Vão escolher a torcida? É uma situação complicada. O policiamento vai achar uma maneira."

Euriquinho sobre Bruno Paulista: "Está apalavrado conosco, mas há uma situação de rescisão de empréstimo com o Bahia a ser resolvida. Acho que vai se resolver, é mais uma coisa de papel do que de vontade dos clubes. Os nossos advogados já aprovaram tudo".

Euriquinho: "O Luis Fabiano tinha um contrato que previa renovação, e ela não foi feita. O que ele fez é um acordo financeiro por causa de metas que ele alcançou. Pode resolver daqui a cinco minutos, amanhã, depois... Agora temos liberdade para conversar."

Euriquinho: "No início do ano quando sentamos com o Cristóvão, traçamos um plano com características de jogadores. Eram cinco, com possibilidade de aumentar. O Manga se encaixou como um atleta de velocidade pelo lado do campo. Queríamos dois. Um foi o Kelvin. Eles eram os preferidos da lista, felizmente."

Euriquinho: 'Luis Fabiano, como todos sabem, interessa ao clube desde dezembro. Vamos seguir a linha de falar oficialmente só quando estiver 100% resolvida. Mas está caminhando bem."

Escobar sobre possível parceria com Luis Fabiano: "Tenho muito respeito por tudo o que ganhou. É um jogador de experiência. Que triunfemos juntos."

Escobar: "Eu e o Riasco somos da mesma região. Falamos muito. Me desejou os melhores êxitos."

Escobar: "Eu admiro muito o Coutinho desde o sub-20. Estou muito feliz de estar no Vasco."

Escobar: "Eu prefiro que me chamem de Manga. É mais curto. E na Colômbia todos me conhecem aqui."

Escobar sobre um possível duelo com Berrío, do Flamengo: "Não falamos. Perdi contato com ele. É meu compatriota. Quero fazer muitos gols pelo Vasco. Somos rivais, cada um cuida dos seus interesses. Primeiro eu."

Escobar: 'Converso muito com Rodrigo, que tem experiência. Quero colaborar, correr pela equipe. Queremos títulos, isso está muito claro na nossa cabeça."

Escobar: "Nunca tinha recebido tanto apoio de uma torcida. É uma responsabilidade muito grande também. Única forma de retribuir é jogando bem."

Escobar: "Vasco é muito grande. Minha característica é a velocidade e habilidade. Quero aproveitar ao máximo essa oportunidade. A expectativa é alta. O Vasco é muito grande. Essa partida de sábado é decisiva e espero estar à disposição."

Escobar: "Os clássicos envolvem paixões. Espero disputar muitos e ganhar"

Escobar: "Estou muito tranquilo e feliz. É um sonho realizado. Estou satisfeito. Sonho de jogar no Brasil, ainda mais em uma equipe histórica como o Vasco. Quero dar alegria aos torcedores. Quero tirar máximo proveito."

Euriquinho: "É um atleta que temos uma grandes perspectiva de desempenho. Foi muito pesquisado pelo nosso setor de análise. Acho que vai surpreender muita gente."

Paulo Reis sobre a suposta escalação irregular de Jean: "Quando há um problema, o departamento de registro consulta o jurídico. Como não me procuraram, estão confiantes no que foi feito. Não foi consultado de nada. Acho que não vamos ter problema. Minha preocupação é com o Ato Trabalhista."

Paulo Reis sobre a inscrição de Luis Fabiano: "
É fora da minha área. Não faço registro. Mas ele é inscrito e ficam pendentes alguns documentos para ele ter condição de jogo."

Paulo Reis: "Toda as ações em considero difíceis."

Paulo Reis: "É lamentável que uma pessoa faça isso com intuito político. Quer inviabilizar a vida do clube. Estamos tentando liquidar o passado. O Vasco fica sem condição de andar."

Paulo Reis: "... Será publicada ainda, e o Vasco tem o direito de apresentar recurso. Clube tentará efeito suspensivo para que o Ato fique válido até o julgamento final."

Paulo Reis sobre o Ato Trabalhista: "Há uma ação proposta por um membro da oposição do clube tentando cancelar o Ato. O processo tem andado, o Vasco já apresentou esclarecimentos. Diz que os clientes deles estariam sendo prejudicados. É uma grande mentira, porque os clientes não foram incluídos. Mesmo assim determinaram a suspensão do Ato do Vasco. Mas isso não é de imediato..."

Manga, ainda sobre Pablo: "Gosto muito de assistir a série. Quando Escobar morreu, eu ainda não tinha nascido. Ele é um mito" #lanceVAS


David Nascimento ‏@daviddcn  

Manga: "Todos estão felizes comigo aqui no Vasco. Vou trabalhar para retribuir com os gols" #lanceVAS

Manga: "Quando dou atenção aos torcedores do Vasco, eles ficam felizes e eu também. Sou muito humilde. Espero fazer os gols" #lanceVAS

Manga: "Brincam muito pelo meu sobrenome (Escobar). Quando me perguntam se tenho parentesco (com Pablo), digo que é o meu pai" #lanceVAS

 

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Quem você quer que seja o novo presidente do Vasco?