Criticado em decisão, Jorginho explica saída do Ceará, após curto tempo

07/06/2018 às 18h13 - FUTEBOL

Sobre a saída do Ceará: "Essa minha decisão foi pessoal. Eu precisava estar no Rio de Janeiro. Não é fácil, porque foi bem curta. Ao terminar o jogo em casa, contra o Cruzeiro, chamei meu executivo e comuniquei. Ele não entendeu" #gevas

"Meia noite, eu estava no hotel, o presidente chegou e conversamos. Ele disse que era normal eu pedir demissão. Expliquei para ele os motivos da importância de estar no RJ. Ele compreendeu. No dia seguinte, às 11h30, eu estava assinando a rescisão no Ceará" #gevas

Fonte: Twitter do jornalista Bruno Giufrida - GE