Dedé: "Vou sempre honrar essa camisa"

Em 21/09/2012 12:53
 

RIO - De volta ao Vasco após passar a semana com a seleção brasileira, Dedé tratou de colocar ponto final em qualquer polêmica na reta decisiva do Campeonato Brasileiro, garantindo que problemas extra-campo, como a falta de água em São Januário ou a reclamação de Alecsandro pelos salários atrasados, não interferem no time.

- Se a gente estivesse desmotivado, o time estaria na zona de rebaixamento e não no G-4. Claro que a gente fique chateado com algumas coisa, mas somos todos profissionais. Foi o Vasco que me levou à seleção e vou sempre honrar essa camisa. O Alecsandro tem a forma dele de desabafar. É o jeito dele, mas não gosto de entrar nessas questões - disse o zagueiro.

Sobre o jogo de domingo contra a Ponte Preta, em Campinas, Dedé lembrou das dificuldades do primeiro turno - o Vasco venceu por 3 a 2, de virada, em São Januário, e prevê mais um confronto complicado.

- A Ponte Preta é uma equipe muito rápida e de pegada. Jogou assim no primeiro turno e foi um time chato de enfrentar, de muita entrega. Além disso, tem um atacante perigoso, de força, que é Roger.

Fonte: Blog Jogo Extra - Extra