Dinamite atribui queda no rendimento do Vasco a constantes mudanças no time

Em 19/10/2016 16:11
 

Com nove derrotas até aqui na Série B, o Vasco bateu a pior marca em todas as suas campanhas na Segunda Divisão. A quatro pontos do líder Atlético-GO, o Cruz-Maltino encara o Paraná, neste sábado (22), às 16h30 (de Brasília), no estádio Kléber Andrade, em Cariacica. Para o ídolo e ex-presidente do clube, Roberto Dinamite, a equipe caiu de rendimento devido às constantes mudanças nas escalações. 

“O Vasco teve uma gordura muito grande, mas não vem rendendo aquilo que se esperava pela falta de sequência do mesmo time que vinha atuando. Houve muitas mudanças na escalação e isso tirou um pouco do equilíbrio da equipe. O Vasco depende só dele. Voltando a ter esse equilíbrio e regularidade, retornando alguns jogadores como o Jorge Henrique, fica em um bom caminho. O importante é jogar bem para recuperar a confiança da torcida e conseguir as vitórias”. 

Com o Vasco em queda de rendimento, algumas críticas da torcida são direcionadas ao grande número de atletas experientes no elenco. Para o maior artilheiro em Campeonatos Brasileiros com 190 gols, os jogadores com idade avançada precisam usar da experiência para buscar os atalhos do campo. 

“Eu, com 30 anos, era fantástico. Era maduro, corria certo… Com 35, você não tem a mesma velocidade, mas usa a experiência, busca o atalho. Se o time está encaixado, com todos participando, você corre menos”.