Dos parceiros da Caixa que são do "Clube Dos 13", Vasco é o que ganha menos

Em 05/10/2016 16:24
 

Principal patrocinadora dos clubes brasileiros, a Caixa Econômica também estampará sua marca na camisa do Santos. O acordo foi fechado durante o fim de semana e será anunciado ainda nesta segunda-feira, durante o lançamento da terceira camisa (modelo da foto). O contrato é válido até dezembro de 2017 e renderá ao Peixe R$ 20 milhões. 

Deste valor, R$ 2 milhões se referem aos meses que restam nesta temporada e os outros R$ 18 milhões ao ano que vem. A notícia foi extremamente festejada pela diretoria santista, que tentava há mais de dois anos encontrar um parceiro máster. 

Tal contrato é muito melhor que o de dez dos outros 12 clubes parceiros da Caixa (confira o ranking no fim da matéria). O Vasco, por exemplo, foi campeão estadual e só tem garantido para a temporada R$ 7,5 milhões. É bem verdade que o clube disputa a Série B, onde garante menor visibilidade. O retorno à elite nacional vai valer mais R$ 1,5 milhão em bônus. 

Nos últimos meses, o departamento de marketing do Peixe chegou a cogitar pedir menos do que os R$ 18 milhões acordados para 2017. A estimativa é de que o uniforme do Peixe possa render mais de R$ 35 milhões no ano que vem, caso os contratos de publicidade sejam mantidos. Hoje, o Peixe já conta com a Voxx no calção, a Algar no peito, a Sil nas mangas e a Royal Air Maroc nos ombros. 

QUANTO A CAIXA PAGA A SEUS PARCEIROS EM 2016: 

1º Corinthians: R$ 30 milhões 
2º Flamengo: R$ 25 milhões 
3º Cruzeiro: R$ 12,5 milhões 
4º Atlético-MG: R$ 12,5 milhões 
5º Vasco: R$ 7,5 milhões 
6º Atlético-PR: R$ 6 milhões 
Coritiba: R$ 6 milhões 
Sport: R$ 6 milhões 
Vitória: R$ 6 milhões 
10º Chapecoense: R$ 4 milhões 
Figueirense: R$ 4 milhões 
12º CRB: R$ 1 milhão 
 

Fonte: Blog do Jorge Nicola - Yahoo Esportes