Douglas deve voltar ao time titular do Vasco contra o Paraná

Em 17/10/2016 11:11
 
DouglasDouglas
Foto: Paulo Fernandes/Vasco

O Vasco apresenta uma visível queda técnica durante a reta final da Série B. Com grandes jogadores no elenco, casos de Nenê, Martin Silva e Andrezinho, por exemplo, a ausência de um jovem atleta é quem tem tirado o sono do técnico Jorginho. Convocado pela seleção brasileira sub-20, Douglas tem feito falta no time titular, mesmo tendo apenas nove partidas completas pelo clube.

Após a derrota para o CRB, no último sábado, em São Januário, o treinador da equipe tentou explicar o porquê do Vasco não estar apresentando o bom futebol de outro período. Na resposta, Jorginho rasgou elogios a Douglas, que desfalcou o time por três rodadas – Paysandu, Londrina e CRB.

"Alguns jogadores machucaram. Não é questão de desculpa. Temos um plantel enxuto, temos usado muitos jogadores do juniores, o Douglas faz muita falta. Sabemos da expectativa pela convocação do próprio atleta, que encaixou perfeitamente no time. Sentimos falta. Tivemos a contusão do Nenê, que nunca tinha se contundido. Teve uma queda depois da volta. Está bem fisicamente, mas a equipe de modo geral teve uma queda técnica e tática. É minha responsabilidade. Temos que treinar para organizar. Não está acontecendo, infelizmente", disse Jorginho.

O treinador do Vasco já pode comemorar o retorno de Douglas para o próximo jogo, contra o Paraná, no sábado. Após servir a seleção brasileira sub-20, o volante estará de volta aos treinamentos com os companheiros de clube.

A notícia agradará também a torcida do Vasco. Não só pela a entrada de Douglas no time, mas também por quem sairá com o retorno. Enquanto o volante esteve fora, Diguinho foi escolhido para ocupar a vaga e irritou bastante os vascaínos. Ele foi muito vaiado durante a derrota para o CRB e pediu para ouvir mais apupos.

"Temos que atuar nessas questões individuais para que não atrapalhe o trabalho do grupo de uma forma em geral. O torcedor tem razão de que não fomos bem. Respeito o Diguinho, mas não pode ser assim de chamar para vaiar mais e isso só vai aumentar a indignação do torcedor. Respeitamos que o atleta está de cabeça quente, mas não fez uma partida ruin. Errou alguns passes. Tomamos dois gols por falhas nossas. Não jogamos bem, principalmente no segundo tempo", finalizou o treinador.

Com a derrota, o Vasco se manteve aos 54 pontos e vê o Atlético-GO, com 58, abrir quatro na ponta da Série B. Por outro lado, o Cruzmaltino segue confortável no G4: Bahia é o 5º, com 49. A equipe volta a campo no próximo sábado, quando medirá forças com o Paraná, no Kleber Andrade, no Espírito Santo.