Éderson recorda tensão entre torcidas de Vasco e Atlético-PR em 2013

Em 29/09/2016 22:36
 

Se hoje tem seu nome cantado pela torcida do Vasco, o atacante Éderson, antes de defender a equipe, acabou participando de um dos episódios mais tristes da história do clube. Na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013, o Cruz-Maltino foi goleado pelo Atlético-PR por 5 a 1, com três gols do camisa 9, e foi rebaixado à Série B. 

Para o jogador, o episódio não influenciaria negativamente a sua chegada a São Januário no meio desta temporada. 

“Acho que a maioria dos torcedores do Vasco entende que eu estava fazendo meu trabalho. O time não caiu naquele jogo. Infelizmente, aconteceu, mas agora é outro momento e estou muito feliz aqui”. 

A partida ganhou repercussão mundial, com a briga generalizada entre torcedores do Vasco e do Atlético-PR, na Arena Joinville. O camisa 9 revelou que alguns jogadores rubro-negros choraram em campo preocupados com os seus familiares nas arquibancadas. 

“Vimos uma situação de torcedores caídos, uns chutando, pisando. Graças a Deus que, alguns dos nossos familiares, nós já tínhamos pedido para não ir. Minha esposa já tinha viajado para Natal. Existia a preocupação dos jogadores de não se classificar para a Libertadores e acontecer alguma coisa. E acabou acontecendo, infelizmente. Tinham familiares de atletas no estádio e alguns jogadores chegaram a chorar em campo, preocupados. Depois que reiniciou o jogo, ficou estranho no começo, com aquelas cenas na cabeça”. 

Depois do sucesso no Atlético-PR, quando foi artilheiro do Brasileirão, o centroavante passou pelo Al Wasl, dos Emirados Árabes, e Kashiwa Reysol, do Japão, antes de retornar ao futebol brasileiro para jogar no Vasco. 

A sua estreia com a camisa cruz-maltina não poderia ser melhor: marcou um dos gols da vitória sobre o Bragantino, pela Série B. Com seis tentos em 13 partidas, o camisa 9 vive bom momento na Colina e revelou que prefere atuar dentro da área. 

“O melhor lugar para eu jogar é ali (dentro da área). Consigo me movimentar bem e fico perto do gol”. 

Contando com os gols de Éderson, o Vasco quer se aproximar do acesso na partida contra o Náutico, neste sábado (1º), às 16h30 (de Brasília), na Arena Pernambuco, pela Série B.