Eleições no Vasco já começam a atrapalhar o time

Em 16/10/2016 18:22
 
Eurico MirandaEurico Miranda
Foto: Paulo Fernandes / Vasco

O Vasco não vive o seu melhor momento na temporada, mas, além do desempenho abaixo do esperado da equipe dentro das quatro linhas, claramente há outros motivos que explicam a queda do time e um deles é a pressão política que antecede o pleito eleitoral do ano que vem.

O atual presidente Eurico Miranda colocará a sua gestão a prova dos sócio-torcedores que, indiretamente, poderão ou não mudar o comando de São Januário. Vendo seu projeto de Vasco balançar, o mandatário tem buscado em conversas internas com o elenco e a comissão técnica reverter esse quadro e impedir justamente que a pressão política aumente, mas, na derrota para o CRB, isso não pode ser evitado.

Parte da arquibancada de São Januário, além de vaiar o time e gritar “olé” para a equipe adversária, protestou contra a gestão de Eurico Miranda que, inclusive, não assistiu o duelo até o final de seu camarote. Garantindo Jorginho até o final do ano, o cartola sabe que quanto mais cedo o Vasco confirmar o seu acesso para a Série A, maior serão as chances de a pressão política arrefecer, contudo, ao mesmo tempo isso já começa a atrapalhar o time.