Emprestado pelo Vasco, Renato Kayser marcou pelo Tupi contra a Caldense

29/01/2018 às 08h11 - FUTEBOL

"Estou muito orgulhoso da partida que fiz. Só queria avisar para algumas pessoas que o Kayser está mais vivo do que nunca".

Foi com essa frase que Renato Kayser deixou o gramado do Estádio Municipal de Juiz de Fora na noite deste domingo, após marcar o que acabou sendo o gol da vitória do Tupi sobre a Caldense, no 2 a 1 pela quarta rodada do Mineiro.

Após entrar no intervalo, o atacante não só fez o gol como ofereceu bastante perigo pela direita do ataque alvinegro. Ao deixar o seu, o segundo do Tupi, posou para foto com marra típica de artilheiros. Na entrevista coletiva após o jogo, explicou e desabafou.

– Algumas pessoas vinham falando para mim que eu não conseguiria porque não tive tanta oportunidade no Vasco. Venho carregando isso comigo toda manhã, quando levanto e olho para meu filho e minha esposa, tento tirar de motivação. Quero agradecer à minha família, que nunca desistiu de mim, que todos os dias olhava para mim e via meu rosto de derrotado, desacreditado. Estou muito feliz de estar aqui dentro do Tupi, agradeço por terem aberto as portas para mim e, se Deus quiser, quero crescer aqui dentro e mostrar que o guerreiro Kayser ainda existe – disse emocionado.

Kayser saiu do banco de reservas com Vitinho. Juntos, eles mudaram a história do jogo em Juiz de Fora e contribuíram diretamente para a vitória alvinegra por 2 a 1, com muita movimentação pelos lados e finalizações.

Contratado por empréstimo junto ao Vasco, Renato Kayser, de 21 anos, se apresentou no início de dezembro, mas só pôde estrear na quarta rodada do Mineiro devido a problemas de documentação causados pela crise política que vivia o Clube da Colina. Agora regularizado, ele terá mais uma oportunidade de comprovar no futebol profissional a fama de goleador que ganhou na base vascaína. Além do Galo Carijó, ele foi cedido nas últimas temporadas a Oeste, Portuguesa, Villa Nova-MG e Ferroviária-SP.

Fonte: GloboEsporte.com