Felipe Souto, novo reforço do Vasco, tem Juninho como ídolo

Em 21/12/2012 17:23
 

Envolvido na negociação de Alecsandro com o Atlético-MG, Fillipe Soutto está otimista com a transferência para o Vasco. Aos 21 anos, o volante mineiro, que sempre foi considerado uma das principais apostas do Galo, garante que não teme a pressão de defender o clube da Colina e se apresenta com humildade, mostrando disposição para ajudar.

- Encaro o momento como uma grande oportunidade na carreira. É bom chegar em um clube com tanta tradição, respeitado no mundo inteiro como o Vasco. É uma responsabilidade muito grande, mas sei que posso fazer um bom trabalho e cair nas graças da torcida se for bem. Sou mais um segundo volante. Um jogador, na minha concepção, com boa marcação, leitura tática, bom passe e que se entrega nos treinamentos. Procuro fazer o melhor no dia a dia para o resultado aparecer nas partidas. Estou disposto a ajudar o Vasco em todos os momentos, independentemente da função. A torcida cobra bastante quando o time não está bem. Isto é bom, pois a pressão faz parte do futebol - disse, em entrevista à Rádio Brasil.

Nesta temporada, Fillipe Soutto recebeu poucas chances no time de Cuca. O jogador garante ter se esforçado, mas diz que sempre respeitou as opções do treinador. O volante, no entanto, espera fazer de 2013 um ano diferente, não só para ele, mas também para o Vasco.

- Fiz tudo o que podia no Atlético-MG. Nunca desanimei, mas ser titular é consequência de uma decisão tomada pelo treinador. Todo treinador tem suas preferências. Em 2011, eu fui titular com o Cuca. Já em 2012, ele preferiu mudar. Tudo o que passou serviu de aprendizado. Agora quero fazer de 2013 um ano mais produtivo para mim e para o Vasco - afirmou.

Fillipe só lamenta não ter a oportunidade de jogar ao lado de Juninho Pernambucano, que acertou com o New York RB, dos Estados Unidos. O volante de 21 anos considera o experiente meia um ídolo.

- O Juninho é um ídolo de infância. Grande jogador e que dispensa comentários. Seria muito bom jogar ao lado dele, mas a rotatividade no futebol é muito grande. Outros jogadores vão estar ao meu lado para me ajudar.

Além de Fillipe Souto, o atacante Leonardo, de 30 anos, também chegará ao Vasco pela troca por Alecsandro.

últimas das colunas

todos os colunistas