Fernando Horta não deve se unir a Alexandre Campello e Julio Brant

30/10/2017 às 11h14 - POLÍTICA

A segunda-feira será de grande impacto na eleição do Vasco. A união de Alexandre Campello e Julio Brant, candidatos de oposição à presidência do clube, será anunciada na última convenção da chapa Frente Vasco Livre, marcada para às 19h, na Casa Vila da Feira, na Tijuca.

Os dois fecharam a junção dos grupos na noite de domingo. Julio Brant será candidato a presidente do grupo Frente Sempre Vasco Livre, com Campello vindo como primeiro vice e Nelson Sendas como segundo. Os três já aparecerão juntos na convenção na Tijuca.

A rodada final de conversas para sacramentar a fusão dos grupos aconteceu durante o fim de semana. Além dos encontros no domingo, as lideranças das chapas assistiram ao clássico contra o Flamengo, sábado, juntas. Nessas reuniões ficou definido os últimos detalhes da parceria, como distribuição de vice-presidências menores e membros do grupo de gestão do futebol, caso sejam os vencedores da eleição marcada para o dia 7.

A união, que também deve contar com a adesão de Antônio Miguel Fernandes, da chapa Novos Rumos, deixou a chapa Mudança com Responsabilidade, de Fernando Horta, isolada dentro da oposição ao presidente Eurico Miranda. Integrantes do grupo ainda tentaram atravessar as conversas depois que a notícia de aproximação entre Sempre Vasco e Frente Vasco Livre veio à tona - José Luis Moreira procurou Campello e Jorge Salgado acionou Olavo Monteiro de Carvalho, do Sempre Vasco -, mas não tiveram sucesso.

Com a união, são candidatos à presidência do Vasco Eurico Miranda, que tenta a reeleição, Julio Brant, Fernando Horta e Antônio Miguel Fernandes.

Fonte: Extra