Gepe definiu operação para o clássico entre Vasco e Botafogo

Em 02/04/2013 13:37
 

O Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) confirmou quantos homens irão trabalhar na partida entre Vasco e Botafogo, em Volta Redonda. Foram selecionados 96 soldados para realizar a escolta das torcidas durante a viagem e para fazer proteção dentro do estádio.

Uma reunião que aconteceu na tarde desta segunda-feira determinou os rumos da operação. Desde quando se decidiu que a partida seria realizada em outra cidade, devido a interdição do Engenhão, a grande preocupação da polícia passou a ser trajeto de cerca de 124 Km, que será percorrido pelos torcedores.

O grande temor é de que as torcidas se encontrem na estrada e isso ocasione uma briga. Apesar de toda essa tensão, João Fiorentini, tenente-coronel da Polícia Militar (PM) e responsável pelo policiamento nos estádios do Rio de Janeiro, disse ao LANCE!NET que seus comandados vão trabalhar da mesma forma. Sem grandes novidades.
Dentro do Raulino de Oliveira, além da segurança dada pelos representantes do Gepe, guardas do 26º Batalhão irão trabalhar em um setor do estádio que comportará torcedores das duas equipes, misturados, em uma zona similar as antigas cadeiras brancas do Maracanã.

Vasco e Botafogo se enfrentam nesta quarta-feira, em Volta Redonda, às 19h30, pela quarta rodada da Taça Rio. O Cruz-Maltino precisa desesperadamente de uma vitória se ainda quiser tentar uma classificação para as semifinais. Já o Alvinegro, em terceiro no grupo A, e já garantido na final do Carioca por ter sido campeão da Taça Guanabara, vive uma situação bem mais confortável.

Tags