Giovanni Augusto fala sobre lesão, virada vascaína e final do Carioca

31/03/2018 às 12h28 - FUTEBOL

Giovanni: "Me machuquei na estreia, foi triste. Mas são coisas que acontecem. Me motivei para recuperar rápido. Conseguimos com sucesso, entrei e pude ajudar. Fiquei feliz pelo gol, e ainda mais pela classificação. Daqui para frente as coisas vão acontecer naturalmente." #gevas

Giovanni: "Não sei o que o zé está pensando, acho que vai conversar conosco à noite ainda. Independente do esquema, temos que estar preparados para fazer uma grande partida." #gevas

Giovanni: "O Botafogo eliminou um dos principais clubes, favorito ao campeonato. Estão com a motivação alta, temos que respeitar, saber que será difícil. Sabemos que podemos fazer um bom jogo. Que sabe conseguimos uma boa vantagem." #gevas

Giovanni: "Foi uma noite incrível, vimos o quanto a torcida está do nosso lado. No futebol temos que acreditar até o último segundo. O Vasco é o time da virada. Quando colocamos essa camisa, não podemos nem pensar em desistir." #gevas

Giovanni: "Fizemos por onde chegar nessa final. O Botafogo também. Tenho certeza de que será um grande jogo, e quem vai ganhar são os torcedores. Esperamos sair felizes." #gevas

Giovanni: "Pelo investimento do Flamengo e pela crescente do Fluminense, que encontrou um padrão de jogo positivo... Surpreendemos muita gente. Mas temos que dar sequência. Não adianta chegar e não sermos campeões." #gevas

Giovanni: "O Botafogo tem jogadores de qualidade, vem crescendo. Fez um grande jogo contra o Flamengo e mereceu estar na final. Tem uma bola aérea muito boa, temos que minimizar os erros. #gevas

Giovanni: "Conversamos antes para termos concentração porque seria decidido em detalhes. Quando saiu o gol, não criticamos, apoiamos o companheiro. Ficamos felizes pelo Fabrício ter feito gol, porque estava sendo criticado no jogo. Mereceu dar a volta por cima." #gevas

Giovanni: "Sempre deixei claro que gostaria de jogar como armador, foi como me destaquei no Atlético-MG. Fui contratado pelo Corinthians, que tinha um outro estilo, queriam que eu jogasse aberto. Sei que posso render muito mais pelo meio. Estou feliz nessa função." #gevas

Fonte: Twitter do jornalista Fred Huber/GloboEsporte.com