Guilherme Costa relembra duelos com Fluminense na base

19/04/2017 às 08h14 - FUTEBOL

Guilherme Costa conhece bem o peso de um clássico contra o Fluminense. Sábado, estará no banco de reservas, sedendo por uma chance de entrar na semifinal do Campeonato Estadual e fazer sua estreia no Maracanã. Será a chance também de rever um rival que se acostumou a enfrentar nas categorias de base.

Desde 2006 no Vasco, ele lembra com carinho da primeira decisão que disputou pelo time da Colina. O adversário era o Tricolor e o título veio, em uma final que se repetiria outras vezes. Em comum em muitas delas, o duelo com Wellington, atacante titular de Abel Braga, apenas um ano mais velho que o jogador cruz-maltino.

- Na época, era a maior rivalidade que tínhamos na base. Agora tem sabor especial enfrentá-los - destacou Guilherme, para completar: - Já voltei a jogar contra o Wellington na estreia no Estadual (o Fluminense venceu o jogo por 3 a 0).

Com Cristóvão, o garoto estava cheio de moral e chegou a ser titular em cinco partidas no Estadual. Com a troca de técnico, o meia de 23 anos precisa recuperar o espaço perdido. Na primeira partida sob o comando de Milton Mendes, deixou boa impressão: sofreu falta que gerou a expulsão de Marcelo e iniciou a jogada do gol de Luis Fabiano. O melhor, porém, foi a versatilidade: ele atuou como meia esquerda, direita e lateral-esquerdo, tudo na mesma partida:

- É bom ser versátil. O técnico pediu para eu incendiar o jogo, eu tentei fazer isso.

Fonte: Extra