Hugo, atacante do Bangu, interessa ao Vasco e ao Botafogo

Em 21/02/2013 17:31
 

Focado na tentativa de se classificar para as semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, o Vasco evita falar no tema reforços, a fim de prestigiar quem já está no elenco. Mesmo assim, o diretor executivo do departamento de futebol do clube, René Simões, está no mercado buscando opções que possam reforçar o plantel vascaíno sem gerar muitos custos, já que a empresa que patrocinava o clube desistiu do acordo e até rescindiu o contrato.

Um dos caminhos está sendo procurar o Palmeiras para tentar encontrar algum jogador que possa ser cedido pelo clube paulista por conta da negociação envolvendo o goleiro Fernando Prass que, no ano passado, se desligou do clube para acertar com o Verdão. Naquela ocasião o arqueiro tinha os salários e FGTS atrasados, e direito à liberação na Justiça. Porém, o Vasco aceitou liberá-lo sem custos e, em troca, o Palmeiras teria prometido liberar alguns nomes para acertar com o clube carioca. Acerte você também com a sorte no CaçaNiqueisGratis.net

O que pesa contra o Vasco é que aquele foi um acordo de boca entre as partes e não há nada no contrato ou na negociação que comprove essa conversa. Em janeiro, a diretoria do Palmeiras foi trocada, com o presidente Arnaldo Tirone sendo substituído por Paulo Nobre. Atualmente na função de diretor executivo do Verdão, José Carlos Brunoro disse desconhecer o assunto, enquanto o gerente de futebol do clube, Omar Feitosa, afirmou que vai se inteirar do tema.

Além de ter o Palmeiras como possível fonte de reforços, o Vasco tem procurado jogadores que estão se destacando em clubes de menor investimento no cenário nacional. No Rio de Janeiro, o clube vê algumas boas possibilidades de negócio, como o atacante Hugo, que vem chamando atenção pelas boas atuações no Bangu. O jogador, inclusive, marcou o gol solitário na vitória dos banguenses diante dos vascaínos, em São Januário, e vem sendo tratado como ‘Neymar da Zona Oeste’ por conta do corte de cabelo. O Botafogo também está interessado.

Novo problema em busca de reforços – O Diário Oficial do último dia 13 de fevereiro publicou a rescisão de contrato da Eletrobras com o Vasco. O assunto, que veio à tona nesta quinta-feira, ainda é desconhecido dos dirigentes vascaínos. Apesar disso, o clube já tem se movimentando nos bastidores para conseguir um novo patrocinador master, com contrato na casa de R$ 25 milhões.