Ídolo do Vasco, Edmundo foi o jogador brasileiro mais premiado nos anos 90

03/12/2017 às 10h35 - FUTEBOL
Foto: Reprodução: InstagramEdmundo
Edmundo

Os anos de 1990 são marcados: pelo fato da seleção brasileira ter voltado a ganhar Copa do Mundo; quando o campeonato brasileiro que desde o final da década passada, ameaçava uma melhora, mas, as viradas de mesa, fizeram com que ele perdesse a credibilidade; os jogadores brasileiros que continuaram indo se aventurar na Europa, sendo que o Japão começa a investir pesado na compra de craques e técnicos brasileiros.

Em relação aos campeonatos, os nacionais foram dominados pelos paulistas, entre 1990 a 1999, foram oito títulos, Corinthians (três brasileiros e uma copa do Brasil); Palmeiras (dois brasileiros e uma copa do Brasil); São Paulo (um brasileiro); os gaúchos vieram na sequencia, com cinco, Grêmio (duas copas do Brasil e um brasileiro); Internacional e Juventude uma copa do Brasil cada; os cariocas tiveram quatro títulos: Flamengo (uma copa do Brasil e um brasileiro); Botafogo e Vasco uma brasileiro para cada um. Ainda tivemos o Cruzeiro com duas copas do Brasil e o Criciúma com uma.

Em torneios internacionais, o São Paulo foi o grande destaque do Brasil e do mundo, onde venceu duas libertadores e o mesmo numero de mundiais; outros brasileiros que venceram libertadores foi Vasco, Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio, ainda na América do Sul, destaque para o Velez Sarsfield/ARG que também venceu o mundial;  o Milan/ITA que com duas Champions League foi o que mais venceu em seu continente.

Palmeiras, Corinthians e São Paulo, venceram cada um três campeonatos regionais, o Bragantino um; No Rio de Janeiro o Vasco ficou com quatro, Flamengo com três, Botafogo com dois e Fluminense com um.

Agora os jogadores que atuaram no Brasil, quem foram os mais premiados, essa escolha inclui artilharia, prêmios como melhores jogadores e por ultimo títulos, sendo para aqueles que jogaram mais tempo no Brasil do que no exterior.

10) Edilson: O capetinha, nascido na Bahia, ajudou e muito o Palmeiras e Corinthians com seus títulos brasileiros, ganhando bola de prata e uma de ouro na revista Placar, sempre na artilharia, onde também se destacou no Guarani, antes do bugre, havia jogado no Tanabi.

9) Giovanni: O paraense foi ídolo no Santos, numa década onde os únicos títulos do time foram um Rio – São Paulo e uma Taça Commebol, em ambos ele não estava mais jogando, teve um papel importante na chagada do time a final do brasileiro de 1995, onde ganhou o melhor jogador do campeonato em todos os veículos de imprensa, sendo vendido ao Barcelona e sendo reserva na Copa de 1998.

8) Túlio: Chamado de maravilha pela torcida do Botafogo foi três vezes artilheiro do campeonato brasileiro, está entre os maiores jogadores da história do clube carioca, começou com destaque no Goiás, teve passagens na década, no Corinthians e  Vitoria, disputou Copa America pela seleção, considerado um dos maiores marqueteiros do futebol.

7) Djalminha: O polemico jogador, fez parte de uma dos times mais ofensivos da historia do planeta, o Palmeiras do campeonato paulista de 1996, ele nessa época ganhou o melhor jogador do campeonato brasileiro, lembrando que seu pai Djalma Dias também jogou no Palmeiras, ele que antes atuou no Flamengo e no Guarani.

6) Junior: Ele se aposentou antes da metade da década de 1990, seu melhor momento foi nas duas décadas passadas, mas, aos 38 anos, deu um titulo brasileiro para o Flamengo, ganhando bola de ouro, conseguindo ser convocado para a seleção brasileira, com ele, o Flamengo também venceu um campeonato carioca em 1991, lembrando que ele é paraibano.

5) Marcelinho Carioca: Famoso cobrador de falta está entre os maiores jogadores do Corinthians de todos os tempos, ganhando bola de prata e bola de ouro na Revista Placar, ganhou títulos também no Flamengo, Vasco, Brasiliense e Santo André.

4) Amoroso: Onde pisou foi craque independente dos títulos, artilheiro no Japão (Verdy) e na Itália (Udinese), além de fazer parte da lista de melhores do ano, em ambos os países, artilheiro do campeonato brasileiro em 1994 jogando pelo Guarani, além de nesse mesmo ano ganhar o craque do campeonato.

3) Mauro Silva: Jogou em apenas três times na carreira, Guarani, Bragantino e La Corunha, conseguiu feitos difíceis, como ser campeão paulista pelo Bragantino e nacional pelo time espanhol, além de ser convocado para a seleção, sem nunca ter jogado em um time considerado grande, campeão do mundo pela seleção em 1994 e da Copa America em 1997, ganhador da bola de ouro pela Placar.

2) Cesar Sampaio: Ídolo incontestável no Palmeiras ganhando dois campeonatos brasileiros e uma libertadores, ganhador da bola de ouro pelo Placar duas vezes, no Palmeiras e no Santos, atuou como titular na Copa de 1998, ganhando Copa da Ásia pelo Yokohama.

1) Edmundo: O famoso animal, sempre foi visto como polemico, mas, não pode negar seu futebol de gênio, onde ganhou três campeonatos brasileiros (dois pelo Palmeiras e um pelo Vasco – times que ele é ídolo), passagens com gols, mais apagadas, por Corinthians e Flamengo, convocado para a Copa de 1998, ganhou bola de ouro e artilheiro pelo Vasco, bola de prata pelo Palmeiras, além de títulos de artilheiros em outros campeonatos, chuteira de ouro, melhor jogador pelo torneio da Copa Ouro em 1998, sendo quatro vezes premiado pelo jornal espanhol EL País, como melhor jogador da América do Sul.

Fonte: Torcedores.com