Jogador do Vasco entra na Seleção da 12ª rodada do Cartola FC

15/06/2018 às 10h13 - FUTEBOL

A projeção feita pelas Dicas Técnicas e pelas Dicas Econômicas para a rodada #12 se confirmou. Internacional e São Paulo, junto com o Bahia, foram os grandes destaques, com seis atletas na seleção somando os dois times - o Tricolor baiano tem dois e o técnico Cláudio Prates. Entre eles Patrick e Mena, que empataram como maiores pontuadores com 20.20. O goleiro do Vitória, Elias, teve o pior desempenho: -5.80.

O time dos mais escalados teve uma predominância do Atlético-MG, que recebeu o Ceará e venceu por 2 a 1. São cinco jogadores e o técnico Thiago Larghi. Os atacantes Róguer Guedes e Ricardo Oliveira foram os que mais corresponderam à confiança dos cartoleiros, com 10.30 e 10.60, respectivamente.

A dupla mitadora

Patrick teve participação decisiva na vitória do Internacional sobre o Vasco por 3 a 1. Ele fez um dos gols e deu assistência para outro, retribuindo a confiança de 732.939 cartoleiros que o fizeram o quarto mais escalado do Colorado na rodada. Com os 20.20, o meia aumentou sua média para 7.62. Foi a primeira vez que ele passou da faixa dos 20 pontos, e a quarta vez que ele passou da faixa dos 10, em 11 jogos, sem nenhuma negativada.

Quem também brilhou com a mesma pontuação foi o lateral Mena, autor do único gol no triunfo do Bahia sobre o Corinthians. O mais curioso é que ele foi escalado por apenas 36 cartoleiros. Sua média foi para 7.62, mas ele possui apenas quatro jogos, sem nenhuma pontuação de destaque.

O pior da rodada

Mais uma vez coube a um goleiro o complicado posto de ser o pior da rodada. Elias, do Vitória, ficou com -5.80. Foram 38.817 cartoleiros que perderam pontos com o arqueiro. Sua atuação no game não vai nada bem. Em seis rodada já foram três negativadas. A melhor pontuação foi na #11, quando fez 8.50. Sua média é de apenas 0.15.

Seleção da rodada

O Internacional e o São Paulo foram os grandes destaques com três jogadores, cada um, na seleção da rodada #12. Do Colorado, o mito Patrick (20.20), Nico López (18.20) e Víctor Cuesta (10.20). Do Tricolor, Sidão (11.30), Nenê (18.60) e Everton (14.60). O Bahia também foi bem, com dois jogadores - Mena, um dos mitos, com 20.20, e Zé Rafael, com 14.00 - e o técnico Cláudio Prates, com 8.18.

Foto: GEAndrey
Andrey

Fonte: GloboEsporte.com