Jogador reclama de promessas não cumpridas quanto ao pagamento dos salários

22/03/2018 às 21h26 - CLUBE

O Blog apurou com um titular do elenco vascaíno que a bronca é com o vice-presidente de futebol, Fred Lopes. “Ele prometeu que pagaria o salário de fevereiro no dia 13 de março e não cumpriu. Depois, prometeu pagar no dia 20. E não cumpriu de novo”, explica o atleta, que pede para não ser identificado.

Na saída do gramado, no intervalo do clássico, Riascos se limitou a dizer: “A verdade é que, quando a gente não está conformado com alguma coisa, fica assim muito sério”.

A diretoria justificou a quebra das promessas à demora na entrada dos € 4 milhões (R$ 16,2 milhões) a que tem direito pela transferência de Philippe Coutinho do Liverpool para o Barcelona. Como clube formador, o Vasco fica com 2,5% dos € 160 milhões (R$ 650 milhões) envolvidos.

O curioso é que o próprio Fred Lopes disse desconhecer os motivos que levaram Riascos a não comemorar o gol. “Nos pegou de surpresa. Não houve sinalização anterior de insatisfação. Amanhã (quinta-feira) é folga. Vamos conversar na sexta)”, afirmou o dirigente, depois da derrota no estádio Nilton Santos.

Fonte: Yahoo!