Jorginho é o principal nome cotado para assumir o Vasco

04/06/2018 às 18h34 - FUTEBOL

O Vasco definiu seu alvo para substituir Zé Ricardo, que pediu demissão depois da derrota por 2 a 1 para o Botafogo, no último sábado: Jorginho. O presidente Alexandre Campello chamou a responsabilidade para si, assumiu a busca por um novo treinador e vê o ex-comandante do Ceará com bons olhos.

- O presidente está tratando pessoalmente da busca pelo novo técnico - admitiu Paulo Pelaipe, em coletiva em São Januário nesta segunda-feira.

Jorginho pediu demissão da equipe cearense neste domingo, apenas 15 dias e três jogos depois de assumir. Ainda não houve contato entre o Vasco e o técnico, que está de malas prontas para voltar ao Rio de Janeiro ainda na noite desta segunda-feira.

Procurado pela reportagem, Jorginho foi solícito, porém limitou-se a dizer que não foi procurado pelo Vasco, o que deve acontecer nas próximas horas.

O gerente de futebol do Vasco, Newton Drummond, disse na tarde desta segunda, em Assunção, no Paraguai, que a busca por um novo técnico se concentraria em um nome “jovem, atualizado, que possa ter o grupo na mão como o Zé tinha.”

No domingo, o diretor executivo de futebol do Cruz-Maltino, Paulo Pelaipe, recebeu diversas indicações de nomes para substituir Zé Ricardo, mas, ao lado do presidente Alexandre Campello, apenas definiu o perfil que seria procurado pelo Vasco e não abriu negociações com nenhum técnico. O presidente, então, tomou a frente na busca pelo novo comandante.

Jorginho tem uma passagem pelo Vasco, em 2015 e 2016, com 85 partidas disputadas e 43 vitórias conquistadas. No Ceará, o técnico trabalhou em apenas três jogos e não conseguiu vencer.

Fonte: GloboEsporte.com