Jorginho promete time partindo para cima do Santos

Em 19/09/2016 08:13
 
JorginhoJorginho
Foto: Carlos Gregório Jr-Vasco

O pequeno público de São Januário na noite de sexta-feira (1.689 pagantes) não condiz com a expectativa que gira em torno do confronto da próxima quarta-feira, contra o Santos, jogo que definirá quem se classifica para as quartas de final da Copa do Brasil. A diretoria já divulgou que, para essa partida, haverá promoção nos preços dos ingressos, ainda que a redução (em relação ao duelo com o Joinville) não tenha sido muito grande: R$ 40 a inteira, R$ 20 a meia e R$ 10 para sócios-torcedores. Nas redes sociais, a torcida promete comparecer. Afinal, é a semana do "tudo ou nada" para o Vasco.

A vantagem do Santos, que venceu o primeiro jogo por 3 a 1, não tira as esperanças do torcedor cruz-maltino, que acredita em uma classificação heroica para não precisar "viver somente" de Série B nos dois meses e pouco que restam para o fim da temporada. A vitória por 2 a 0 sobre o Joinville animou Jorginho, que prometeu postura agressiva do Vasco no que diz respeito a atacar o Peixe:

- O torcedor pode saber que nós vamos realmente partir para cima do Santos. Sabemos que vai ser difícil, mas um gol nosso já muda tudo. É muito importante o torcedor acreditar, saber que eles são verdadeiramente o 12º jogador em campo. Os jogadores precisam dessa motivação, vai ser fundamental para que voltemos àqueles momentos de o Vasco encher o estádio - disse Jorginho.

Na Série B, foram poucas as vezes que o Vasco venceu com dois gols de diferença ou mais - precisa fazer 2 a 0 no Santos para conseguir a classificação, já que Eder Luis conseguiu o golzinho no fim do confronto na Vila Belmiro. Caso o resultado seja 3 a 1 para o Cruz-Maltino, a decisão vai para os pênaltis. Até agora, na Copa do Brasil, a equipe de Jorginho não teve uma vitória elástica assim no placar.

Foram cinco os jogos da Segunda Divisão com placar favorável mais folgado: os dois duelos com o Joinville (2 a 0), Brasil de Pelotas (2 a 0), Vila Nova (2 a 0) e a estreia na competição, contra o Sampaio Corrêa (4 a 0). 

Se essa visão pode desanimar o torcedor, por outro lado há um ponto curioso a favor do Vasco. Em 94% das partidas disputadas nesse ano, o Cruz-Maltino balançou as redes. Esse aproveitamento significa que o time fez gol em 48 jogos dos 51 disputados.

A expectativa é que na quarta-feira o time faça um gol sem que o cronômetro esteja avançado. Será um teste de fogo para Jorginho e sua formação recente encontrada diante do Joinville: Martín Silva, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Douglas, Andrezinho e Nenê; Junior Dutra e Éderson.

O Vasco recebe o Santos na quarta-feira, em São Januário, às 21h45 (de Brasília), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O primeiro duelo terminou em vitória do Peixe por 3 a 1. No sábado após o confronto, o Cruz-Maltino enfrenta o Atlético-GO, atual vice-líder da Série B, também em São Januário.