Jorginho terá que valorizar a base

21/06/2018 às 12h38 - FUTEBOL

Técnico do Vasco na gestão de Eurico Miranda, Jorginho voltou ao clube pelas mãos de Alexandre Campello, e agora terá a missão de dirigir um time convivendo com várias crises. Jogadores que foram afastados por atos de indisciplina, atrasos salariais, ambiente político extremamente conturbado, a precoce eliminação na fase de grupos da Copa Libertadores, além de uma virtual queda na Copa do Brasil. Diante de todo esse cenário, o comandante ainda terá que conduzir o processo de promoção de atletas das categorias de base.

Jorginho foi orientado pelos dirigentes a lidar muito com as categorias de base. Até porque não há dinheiro em caixa para contratar reforços de nome e perdas no elenco estão acontecendo. Recentemente, o atacante colombiano Duvier Riascos foi jogar no futebol da China. Já o centroavante argentino Andrés Ríos dificilmente prorrogará o empréstimo e vai retornar ao Defensa Y Justicia de seu país.

Hoje o elenco já conta com um bom número de jogadores revelados na base. Nomes como o goleiro Gabriel Félix, o zagueiro Ricardo Graça, os volantes Evander e Andrey, são utilizados com frequência.

“O Vasco é um clube que historicamente revela jogadores para o futebol brasileiro e sabemos que isso vai continuar, como não poderia deixar de ser. Estamos satisfeitos com isso”, disse Jorginho.

Dentro de campo, o elenco do Vasco foi liberado para um período de descanso. A volta aos trabalhos acontecerá apenas no dia 25 de junho. Os treinos estavam programados para o Espírito Santo, porém, a decisão foi da comissão técnica anterior e por conta de problemas de organização, os atletas permanecerão no Rio de Janeiro.

O próximo jogo do Vasco será somente em 16 de julho, quando o time recebe o Bahia, no Rio de Janeiro, pela rodada de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Como perdeu por 3 a 0 na ida, o Cruz-Maltino vai precisar golear por quatro ou mais gols de vantagem se quiser um lugar nas quartas. Pelo Campeonato Brasileiro o próximo desafio será em 19 de julho, também na capital carioca, quando acontece o clássico contra o Fluminense. O time vascaíno é o 11º colocado com 15 pontos.

Fonte: ESPN Brasil