Jovem promessa vira trunfo do Vasco na reta final do Brasileiro

03/11/2017 às 08h07 - FUTEBOL

Pelo lado de São Januário, quem também está cheio de prestígio é o parceiro de ataque de Lincoln na seleção: Paulinho, outro jovem que já disputou 10 jogos no time de cima do Vasco e que mal voltou e já treinou entre os titulares. O garoto é um dos favoritos a começar jogando contra o Vitória, neste domingo, no Maracanã.

"Foi muito legal o reencontro (no Vasco). Meus companheiros me parabenizaram, falaram que o time foi muito bem. Agora é dar sequência ao meu trabalho, colocar tudo que eu sei em prática para ajudar o Vasco. A meta do clube todo é conquistar uma vaga para a Libertadores. Ganhei bastante experiência nessa competição que disputei na Índia. Chego aqui melhor do que estava antes", disse o atacante ao site oficial cruzmaltino.

Enquanto esteve fora, Paulinho deu espaço para o também atacante Paulo Victor brilhar e cair nas graças da torcida. O jovem de 18 anos tem sido pedido pelos vascaínos constantemente nos jogos da equipe e virou uma peça importante do técnico Zé Ricardo no segundo tempo dos jogos.

Mais rodado entre os três mesmo com apenas 18 anos, Mateus Vital conquistou a titularidade e não saiu mais, mesmo tendo alternado atuações. O meia tem dividido a responsabilidade das criações de jogada com o experiente Nenê e já enverga a camisa 10 cruzmaltina.

"Fico feliz pela sequência. O número da camisa é o que menos importa, queria é jogar. Mas claro que é uma honra poder usar essa camisa de peso que já foi usada por grandes jogadores aqui no Vasco", destacou Vital.

Neste domingo o Flamengo visita o Grêmio em Porto Alegre (RS). Já o Vasco recebe no Maracanã o Vitória pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: UOL Esporte