Juniores: De virada, Vasco vence o Flamengo na Gávea pela Taça GB

08/02/2018 às 18h30 - CATEGORIAS DE BASE

O Vasco é o time da virada! A equipe sub-20 do Gigante da Colina foi até a Gávea, na tarde desta quinta-feira (08/10), para enfrentar o Flamengo pela Taça Guanabara. O duelo foi uma reedição da final do Campeonato Carioca de 2017 e o resultado não foi diferente. O time de São Januário levou a melhor, pelo placar de 2 a 1, com gols marcados por Hugo Borges e Dudu.

O JOGO 

Atuando longe de seus domínios, o Vasco não demorou para criar a primeira oportunidade de jogo. Com dois minutos de bola rolando, Dudu lançou Hugo Borges pela direita. O atacante cruzou buscando Marrony, mas a zaga do Flamengo se antecipou para cortar. Mais adiante, aos seis minutos, Lucas Silva foi lançado em profundidade e viu o goleiro Alexander se antecipar para ficar com a redonda. Na sequência, o Rubro-Negro chegou com Juninho cruzando para Victor Gabriel, mas o zagueiro Ulisses afastou o perigo. 


Mais tarde, aos 33 minutos, o Flamengo chegou com cruzamento de Victor Gabriel. Lucas Silva apareceu no lance e deixou para Theo completar: Flamengo 1 x 0. O Gigante da Colina não demorou para dar a resposta ao adversário e, quando o cronômetro marcava 36, Dudu roubou a bola e lançou Hugo Borges. De frente para o camisa 1 adversário o atacante vascaíno não perdoou e mandou a bola no fundo da rede: VASCO 1 x 1.

Na volta para a segunda etapa, a primeira boa oportunidade do Vasco veio de um lance de bola parada. Aos cinco minutos, Dudu sofreu falta e Hugo Borges bateu colocado, dando trabalho para o goleiro do time da Gávea, que buscou a bola no cantou esquerdo. Mais tarde, aos nove, Michael cruzou pela esquerda e Alexander subiu para tirar a redonda de soco. Na sequência do lance, Lucas Silva sofreu falta e o Rubro-Negro cobrou com perigo, mas o goleiro vascaíno apareceu novamente para afastar o perigo.


Aos 12 minutos, a bola sobrou nos pés de Dudu na entrada da área. O camisa 10 cruzmaltino arrumou e bateu com perigo, mas a redonda acabou passando rente ao canto esquerdo da meta adversária. Quando o cronômetro marcava 18, Robinho acionou Rafael França pela direita. O lateral cruzou na medida para Hugo Borges, que cabeceou e mandou para linha de fundo. A virada foi construída aos 37 minutos, quando Léo Reis sofreu pênali e Dudu converteu com sucesso: VASCO 2 x 1. Nos minutos finais, o Flamengo buscou de todas as formas o empate, porém o Cruzmaltino se segurou bem.

Escalação do Vasco: Alexander, Rafael França, Ulisses, Miranda e Rodrigo Coutinho; Caio Lopes (Linnick) , Bruno Ritter e Dudu; Lucas Santos, Marrony (Laranjeira) e Hugo Borges (Léo Reis). Técnico: Marcus Alexandre.

Foto: Site Oficial do VascoHugo Borges
Hugo Borges

Fonte: Site oficial do Vasco