Justiça nega habeas corpus de sócios da urna 7 que buscavam validar votos

14/12/2017 às 18h36 - POLÍTICA

17a Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, por unanimidade, com relatoria da desembargadora Márcia Ferreira Alvarenga, negou habeas corpus de sócios que votaram na urna 7 que queriam entrar na ação em andamento como parte interessada. Eles queriam validar os votos #lanceVAS

Fonte: Twitter do jornalista David Nascimento/Lance