Juvenil: Vasco empata sem gols com o Sport na Ilha, pela Copa do Brasil

11/10/2017 às 18h39 - CATEGORIAS DE BASE


Pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil sub-17, o Vasco da Gama foi até Recife para encarar o Sport. Mesmo atuando na casa do adversário, na Ilha do Retiro, o Gigante da Colina não se intimidou e conquistou um bom resultado. O time dirigido por Amilton Oliveira empatou com o Rubro-Negro em 0 a 0. No jogo de volta, que será realizada na próxima semana em São Januário, o juvenil precisa de um vitória simples para avançar de fase.


O JOGO


O fato de atuar longe de São Januário não fez o Vasco adotar uma postura defensiva. A primeira chance, entretanto, foi do Sport, aos dois minutos, mas Alexandre apareceu bem para defender. O Cruzmaltino colocou o arqueiro rubro-negro para trabalhar aos 18, quando Caio Lopes foi lançado, invadiu a área e chutou na direção da meta. Pouco tempo depois, com 20, Léo  chutou cruzado e levou perigo. A partida seguiu movimentada.


Quando o cronômetro marcava 25 minutos, o Sport chegou novamente, mas outra vez parou em boa intervenção de Alexandre. No decorrer da etapa inicial, o Gigante da Colina foi mais perigoso. Léo Melo, duas vezes, e Vinícius, idem, foram os atletas que ficaram próximos de abrir o placar. O Sport chegou bem pela última vez aos 40, mas Alexandre defendeu mais uma vez. Antes do primeiro tempo chegar ao fim, o Almirante viu a arbitragem anular um gol de Léo Melo.

O panorama do confronto seguiu o mesmo no segundo tempo. Vasco e Sport continuaram buscando gol. Logo no primeiro minuto, Léo Melo recebeu de João Pedro e assustou. O Leão da Ilha respondeu na sequência, porém Alexandre espalmou para longe e evitou que as redes fossem balançadas. Com oito, Juninho cobrou falta e Caio Lopes cabeceou no lado de fora da rede. Algum tempo depois, aos 15, um arremate dos donos da casa tirou tinta da trave.


O jogo esfriou e só voltou a esquentar em termos de oportunidades aos 28, quando Caio Lopes tabelou com Joao Pedro e finalizou rente à trave. A resposta veio aos 39, mas apesar de estar cara a cara com Alexandre, o Rubro-Negro não conseguiu empurrar a bola para o fundo do barbante. Antes da partida chegar ao fim, o Gigante da Colina teve uma última oportunidade, outra vez com Caio Lopes.


Escalação do Vasco: Alexandre, Sergipe, Miranda, Leonan e Mateus Luis; Nicolas (Bruno Chiaromonte), Juninho, Caio Lopes e João Pedro (Luiz Felipe); Vinicius (Marcelo Germano) e Léo Melo (Élber). Treinador: Amilton Oliveira.


 


 

Fonte: Site oficial do Vasco

Enquete

Quem você quer que seja o novo presidente do Vasco?