Manga vira figura querida no clube e na torcida

17/02/2017 às 08h09 - FUTEBOL
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco Manga
Manga

- Qué pasa, hombre?

Foi assim que Andrés Ramiro Escobar, o Manga, cumprimentou Eder Luis durante um compromisso do elenco nesta semana. Em poucos dias de São Januário, o atacante colombiano tornou-se figura querida entre jogadores, comissão técnica, torcedores e funcionários. 

Sorridente, simpático, o baixinho de 1,67m brinca até com o sobrenome famoso e o suposto parentesco com Pablo Escobar, o mais famoso traficante da Colômbia.

- Fazem muitas brincadeiras. Sempre me perguntam se temos algum parentesco, e eu respondo que sim, que ele é meu pai (risos). É uma situação cômica. Ontem eu estava vendo o seriado (El Patrón del Mal), e as pessoas perceberam. Eu gosto. Quando Pablo Escobar morreu eu não havia nascido, e ele é um mito – disse Manga.

O intercâmbio cultural será intenso para o atacante. Se o sobrenome atrai curiosidade sobre a Colômbia, ele, por outro lado, tem interesses no Brasil que vão além do futebol: gosta de Michel Teló e Gusttavo Lima, sonha conhecer o Cristo Redentor e quer jogar no Maracanã. 

O único entrave, por enquanto, é a língua: ele sofreu no início para entender o que significa a expressão “chupa essa manga”, enviada por torcedores nas redes sociais. Em entrevista a um canal de televisão na quinta-feira, ao ser questionado sobre sua palavra favorita em português, soltou inocentemente um palavrão que desconcertou a repórter. 

Confira a entrevista com Manga:

GloboEsporte.com: Já conhecia o Brasil? Gostou do Rio de Janeiro?

É minha primeira vez, nunca tinha vindo. Estou muito feliz por fazer parte desta grande instituição. A cidade é muito bonita, acolhedora. Antes do Rio, gosto muito do Brasil, pelo futebol. Sempre foi meu sonho vir para cá, ainda mais no Rio, que é uma das cidades muito importantes. As pessoas são muito torcedoras, gostam muito do futebol.

Algum jogador brasileiro te inspira?

[Andres Escobar, o "Manga", assina contrato com o Vasco (Foto: Reprodução Twitter Raul Ramirez)] Andres Escobar, o "Manga", assina contrato com o Vasco (Foto: Reprodução Twitter Raul Ramirez)

Quando era pequeno, gostava muito do Romário. Agora penso que o melhor jogador é o Neymar. Tem muitas qualidades e é um exemplo a seguir.

E da cultura brasileira, o que conhece?

Conheço algumas músicas, uns cantores. Michel Teló, Gusttavo Lima. Ouvia na Colômbia. As praias do Rio. O Maracanã, que é histórico. Quero conhecer o Cristo Redentor, que é muito histórico. Todo mundo que vem ao Rio vai ao Cristo. Também quero ir.

Você é bastante ativo nas redes sociais. Como foi o contato com torcedores?  

Nunca tive uma recepção tão grande. Isso me obriga a ter mais responsabilidade com o Vasco. Tenho que jogar bem para que a torcida fique contente. Sempre quis estar aqui no Brasil.

Algum fato engraçado com os torcedores?

Não sei se posso falar (risos). Algo de manga, chupa essa manga. Escrevem, mas não compreendo. Não sei se é o mesmo que na Colômbia. Lá tem duplo sentido.

Se você, por exemplo, fizer gol no Flamengo num clássico, os torcedores vão falar para os flamenguistas: "chupa essa manga".

Ah (risos). Os torcedores gostam muito do clássico. O rival a vencer do Vasco é o Flamengo. Tem que ganhar. Hoje já estou percebendo a paixão e a rivalidade que há entre as duas equipes. 

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Quem você quer que seja o novo presidente do Vasco?